sábado, fevereiro 17, 2007

Segundo Aristóteles ...



12 comentários:

Laura disse...

Ora nem mais famosa pascoalita.. É isso mesmo, mas sabes uma coisa? Tem pelo mundo gente e mais gente, que não sabe sequer o que é uma verdadeira amizade! Eu sei, e grata por isso sou...Acho que sem amizade não viveria. Amor e amores há muitos, mas a verdadeira amizade poucos se podem gabar de a ter e conhecer. beijinho pa ti..

Pascoalita disse...

Isso mesmo mana do coração.

Já me cruzei com algumas dessas pessoas, sabes? Ignoram o que seja Amizade, vivem à margem e mantêm-se impermeáveis como se doença altamente virulenta se tratasse.
Acabam tristes, sozinhos, infelizes . desalmados :-)
jinhos muitosssssss

Laura disse...

É por isso que nós, a morrinha passa-nos num instante e estamos sempre prontas a ajudar a ser amáveis simpáticas e tudo o que de melhor existe em nós, a gente dá....

Pascoalita disse...

Laurita,
Tou de regresso da feira, mana. Mas trouxe as flores todas de volta, pois o malvado do burrico largou-me a carroça a meio do caminho e pôs-se na alheta!
Aquilo deu-lhe cheiro de gerica, na certa ehehehh

Laura disse...

Ai foste à feira do cortiloe trouxeste o teu antigo burrico? às tantas foram as urtigas que o picaram, e vai daí..andor..

mary90 disse...

Olá amiga, Pascoalita.
As amizades são uma maravilha quando são verdadeiras.
Como sabes eu não gosto de brincar aos amiguinhos...,e são meus amigos aqueles que eu conheço e gosto, e que estão sempre lá com um ombro amigo, como eu estou para os meus amigos.
Dizem que os amigos se conhecem quando estamos na cadeia ou no hospital na cadeia ainda não estive, mas já estive muito tempo no hospital e, vi que alguns amigos não eram verdadeiros e descobri outros que nem pensava.
Quando perdi o emprego aconteceu o mesmo...alguns muito amigos...que me podiam ajudar a arranjar emprego fugiram, e quem me ajudou a arranjar foi uma conhecida..que se tornou numa grande amiga.
Eu tenho a sorte de ter boas amigas, muito poucas, porque três das mais antigas já partiram.
E a propósito senti a tua falta na festa do meu blog, mas ainda lá tenho uma fatia de bolo guardada para ti.
Bom Carnaval, que a "fada" vai desfilar para a cozinha:)
Beijocas, com amizade.

Pascoalita disse...

Olá, Mary90 :-)
Tb acontece comigo: Amigos leais e verdadeiros contam-se pelos dedos de uma mão. Mas prefiro assim ... poucos, mas bons :-)
Por vezes os Amigos decepcionam-nos e acabamos por receber ajuda de quem menos esperamos.

Tenho evitado aceder a alguns blogs, com grande pena minha, mas terá de assim continuar enqto estiver em casa. Amanhã as coisas serão diferentes e poderei saborear a fatia de bolo que me ofereces. Obrigada.
Boa semana ... 1 beijo

africana disse...

Mais uma para dizer que na verdade as amizades sinceras são o que há de melhor na vida, independentemente da forma como elas começam, mas nunca devemos esquecer que para que elas se mantenham é preciso acreditar nas pessoas, ouvi-las, respeitá-las, entendê-las, ser condescendente mesmo quando tudo parece estar contra, reconhecer os nossos erros e admiti-los, perdoar algumas falhas, mesmo que inconscientes,se quizer que as minhas sejam perdoadas, porque ninguém e perfeito( quem não tiver falhas que atire a primeira pedra),enfim..não olharmos para esse sentimento como um dado adquirido, sempre na expectativa de, se algo menos bom ocorrer, os outros terão sempre de dar o primeiro passo...
Há ainda quem pense e defenda que a amizade por pura amizade é de desconfiar,porque nos dias de hoje ninguém dá nada a ninguém se não quizer algo em troca..nem a simples amizade..Mas o livre arbítrio existe e cada um deve utilizá-lo em consciência para escolher as suas amizades..eu não me tenho dado mal.

Laura disse...

Menina africana..Ora aí está..Independente de como elas começam..as amizades claro.. Quem diz que é preciso conhecer a pessoa? Então quem não arrisca não petisca, e eu tenho arriscado e acerto sempre..nem me lembro de apostar em alguém e que esse alguém me desiluda, se isso aconteceu já nem lembro quem foi ehhhhhhhhh.. Quanto ao decorrer da amizade, mesmo surgindo aqui...São lindas pois, se são..Eu que o diga e a africana e a pascoalita, nós sabemos do que falamos...

Anónimo disse...

quem é que inda não teve na cadeia e já teve no hospital? cabeça partida? miolos ou lingua de fora? pascoalita a menina é um borracho, mas tem quem nem seja.É carnaval na Mealhada e lá ninguém leva a mal.
Que tal dar-me seu endereço por aqui e seu tel podia ser também, se for como a da foto eu vou ter consigo onde me indicar que eu apago logo logo, e moro mais perto de si do que imagina.

africana disse...

Ó senhor(a)anónimo(a), também não exageremos..

Laura disse...

Africana, na sabia que gostavas de falar sózinha...
Seu anónimo (a), ao menos dê a caraça já que não quer dar a carantonha...
Eu nunca parti cabeça nem tive os miolos fracos, ai ai ai....