sexta-feira, fevereiro 23, 2007

Rosas de amor...

Eram rosas as flores que me deste
Quando junto de mim chegaste
Com um ramo bem florido
Atado com uma fita de cetim
Que ainda guardo comigo.

Disseste ser para lembrar
O dia em que nos conhecemos.
Já foi há tanto tempo!
As rosas murcharam há muito


A fita, que ainda guardo
Na caixinha que me deste
Cheia de bombons
Para me adoçares a boca
Com as palavras que dirias
Naquele dia tão distante.

Como nunca me tinhas dado
Tão belas rosas de amor
Pensei que tinhas ficado
Preso ao nosso amor
Ao maldito amor que me tinhas.

Porque logo de seguida
Verteste o fel que em ti havia
Disseste que aquele ramo
Punha termo ao nosso amor
Que tão infeliz te trazia.
(Laura)

18 comentários:

Laura disse...

uau, que verso que parece tão verdadeiro, mas é apenas um verso...
Saiu engraçado, até se guardou a fita de cetim ehhhhh. beijinhos Pascolaita..

adrianna disse...

Sua menina gulosa! Os bombons comeu-os, a caixinha e a fita podem vir a ser úteis.
Mas as rosas deixou-as murchar

:-))

Pepe Luigi disse...

História de amor e desamor contada num esplêndido poema.

Obrigado por visitares o meu sinestesia-crepuscular.

Um beijinho
do Pepe.

Pascoalita disse...

Diria que é um verso que carregue muita verdade, Laurita :-)
No nosso subconsciente, guardamos mtas emoções que soltamos qdo desabafamos quer seja falando ou escrevendo.
1 Jinho
P.S. vou cumprir o ritual obrigatório de todos os Sábados.

Pascoalita disse...

Adrianna, a "menina gulosa" é a laura, espero que saibas :-)

Pascoalita disse...

Olá Pepe:

Ver se mais logo passo de novo pelo teu "sinestesia-crepuscular", um cantinho mto acolhedor k sinto me faz mto bem à alma!

Por vários motivos, já há uns dias k não me desloco até lá, talvez por isso me sinta um pouco deprimida :-)
Gostei da visita ... 1 beijinho

mary90 disse...

Lindo poema!
Parabéns Laura!
Este ramo de rosas agora fez-me lembrar um que o Marius me ofereceu num dos meus aniversários, não guardei a fitinha mas algumas pétalas que já estão muito secas dentro de um livrinho.:)

Bom fim de semana.
Beijocas

Pascoalita disse...

Mary90
Parece que tá na altura de chegar novo ramos de rosas eheheh
Qdo era miúda tb guardava nas folhas de livros, pétalas de flores. Lembro-me que eram sobretudo rosas em tom de café com leite e amarelas e tb fazia coroas com as pétalas das "esporas" que deixava igualmente secar dentro de livros.
Era divertido encontrá-las, anos mais tarde.
Bfs
1 beijo

Laura disse...

Pascoalita.Eu nunca guardo flores secas..detesto, sejam flores pétalas verdes etc.. nem de flores plasticas gosto..acho uma saloiice.. a minha neide tem uma rosa guardada seca, fica horrivel e cheira a seco ehhhhhh..gosto e as ver frescas, lindas, lá nos campos. mas quando secam deito tudo fora..Já guardei em tempos, mas a idade vai-me mudando ehhhhhhhh

Laura disse...

Pascoalita..ehhhhhhhhhh uf uf uf uf ...nem sabes pois não...uf uf que corrida...ehhhhhhhhhhhhhhhh..sabes não sabes? será que adivinhas sequer porque venho esbaforida prá qui?

Encontrei a fita de cetim
Aquela que guardei para mim
Na esperança que ele voltasse
E junto de mim, ficasse..
Mas..sabendo que não era amor
Compaixão perde seu sabor
e mandei-o embora
E, hoje, encontrei aquela fita
Cheia de bolor....

Lixo com ela ehhhhhhh, mas depois tive pena, tornei a pegar nela, mas a raiva veio ao de cima, e pimba de novo...Mas..já tive vontade de a ir buscar de novo ehhhhhhhhhhhhhhhh..

africana disse...

Ó Laura..vê se te decides!!

Pascoalita disse...

Xiiiii laurita
Como essa cabecita tá. E inda hoje é Quarta Feira :-)
Nem quero pensar qdo chegar o fim de semana eheh

Laura disse...

Africana, já tá decidido, voltou de novo para a caixa que também tá guardada, e num outro acesso de raiva, vai direitinha para a incineradora ehhhhhhhhhhhhhhhh..

Laura disse...

pascoalita a cabecita aguenta-se bem, a vesicula nem tanto, mas queres saber, já passou, antes do jantar tomei outro guronsan, e já parece que não tive nada... Tadinha da minha cabecinha, e que querias tu? que ela estivesse fresca como uma alface com estes amores todos às costas ejhhhhhh xiça e eu nem tive ninguém que me desse rosas mais desfolhadas e que acabasse comigo dessa maneira ehhhhhhh, nem tenho fitas de cetim, a não ser na minha lata da costura, e caixas de bombons vazias?ehhh mais que fazer tenho eu que guardar coisas velhas.... os meus fins de namoricos até são bem interessantes, dignos de postagens ehhhhhhhhhhhhhhhhhhhh

Laura disse...

Já cá tou, fresca que nem rosa, e não como as rosas murchas que tens aí....
Logo vou comprar fitas de cetim à retrosaria e dar uma volta pela cidade, e quem sabe..terei outra caixa de bomboms pa par ehhh e depois guardar mai-lo raio da fita...

Laura disse...

Diacho, falei em bomboms e apareceu a Ana Maria que me trouxe uma caixa de Bomboms iguais áqueles que mal me fizeram mas bem me souberam...são cá uma categoria....
se cá estivesses dava-te alguns assim como à africana para que adoçassem a boquinha....

africana disse...

hhaahahaha, bem me parecia que a dita fita voltava a origem..se não te conhecesse..hhahaaha
Quanto aos chocolates..um dia destes ainda levas o pc para a casa de banho..não vai haver guronsan que te valha!

Laura disse...

Nina africana, nunca aconteceu, porque o fio nem chaga lá senão já tinha ido há muito até à toilet ehhhhhh, mas que grala a menina tem, lembra-se de cada uma..jinhos pa ti mana..