sábado, agosto 09, 2008

Já pinta o bago



Comparada com o famoso moscatel ou a igualmente apreciada dona maria, esta espécie cujo nome desconheço, fica muito aquém, mas muito antes de estar madura, já a passarada debica nela sem lhes pôr defeito!

Assim, para evitar que nos reste apenas o cheiro e a parra, o meu hortelão colhe-a antes de tempo ahahah

E lá mais diante, quando o açúcar do moscatel atrair os pardais e as vespas, a coisa piora um pouco ... teremos de montar vigília se queremos provar algum bago!!!

A vida de um aposentado/hortelão não é nada fácil ahahahah

14 comentários:

daniel disse...

Pascoalita

A prosito, faz hoje (10 de Agosto) anos, que andava a sachar vinha na terra do fanfarrão. Comer uvas era proibido, estavam muito verdes!... Porém não estava o pai, ia-se descobrindo alguns bagos mais amadurecidos e comendo. Para o "crime", ficar perfeito estava a terra: enterravam-se os engaços!...
Estava o bago a pintar!...
A família ficou enriquecida. Nasceu o último e 8º rebento!...
Daniel

Pascoalita disse...

Conseguiste baralhar-me ahahah Quer dizer que hoje é dia de aniversário de um DANIEL!!! E sendo assim, PARABÉNS!
Só não percebi se és o próprio, o pai, o irmão, ou o filho do aniversariante ahahahahah

Mizé

Laura disse...

tamém digo e s eo daniel é leão é um bom rapaiz se é o nuno faz amanhã 29 anos ..tá sozinho e longe, mas os amigos escrevem e trocam mensagens...ji e a uva e doce e tapa-se com saco né?

Espaço do João disse...

Olá Pascoalita.
Pelo que vi no teu espaço, estamos em presença duma casta chamada de "cardinal" , é das primeiras a pintar o bago. As que mostrei para a Anete e para a Renata, eram "Blak Monuka" uma casta que foi recentemnte introduzida em Portugal. É uma uva que costuma dar um cacho de cerca de 40 Cm e não teem grainha.Servem para mesa e vinho e, dá um excelente Rosé. As outras são moscatel de amburgo. Algumas já estão em condições de papar. Este ano não fui favorecido com o clima, pois as noites de Julho e,estas primeiras de Agosto não teem favorecido nada. Tem havido muita cacimba nocturna e, o ataque do oídio foi fatal. Como não gosto de usar productos químicos nem de prevenção , acontece que tenho eliminado muitos cachos de uvas. Acredita que já enterrei mais de 100 Kgr. de uvas? Prefiro isso do que intoxicar-me. O moscatel de amburgo foi o mais danificado, pois é muito delicado. Quanto à D. Maria e às outras espécies encontram-se bem e recomendam muita vigilância e paciência. Costumo ficar com muitas dores na coluna vertebral e cervical, para obter algo sem Químicos. Estás convidada a passar por cá a fim de comer umas uvas cultivadas biológicamente. A postagem que fiz ao convite, são moscatel de amburgo e, já se comem. Agora vou dar-te um conselho:-
Se quizeres afastar a passarada, compras um rolo de fita usada para demarcar trabalhos de construção civil ou para demarcar lugares perigosos , cortas em bocados com pouco mais de 50 Cm. e, ata-os onde queres proteger da bixarada. Como estão sempre a balouçar eles fogem. Escusado será dizer que mais se parece com um arraial, mas que dá resultado, disso não tenho dúvidas. Quanto às vespas, elas não costumam picar as uvas e, as abelhas somemte aparecem quando as uvas estão picadas pelos pássaros. Elas até são um bem, pois quando estão nas uvas deixam uma camada de apictina, protegendo as uvas de seu apodrecimento. Também não te esqueças duma coisa; todos os pássaros comem cereais mas, quem paga são os pardais. Passa um bom domingo juntamente com o teu hortelão e deixa-o ver este comentário, talvez lhe seja útil. Um beijo João.

Zé do Cão disse...

Dª.(Senhorª) Pascoalita. basta um sinal, como a cantiga e eu retiro-me imediatamente.
Acho graça a ligeireza com que apresenta os seus temas, virados para pessoas que lhe são queridas.
O mesmo me acontece a mim, no que respeita a passarada. Vai para dois anos comprei uma ginjeira, já deu ginjas, mas não quer ver que ainda não provei uma. Apareceu-me melros de todos os lados e foi um ar que lhes deu. Coloquei uma rede, pois bem foram na mesma. Uvas da costa Alicante, gozei a sombra das suas párras, mais nada.
Moscatel, verdade tenho aproveitado
do Roxo, maravilhoso, sabe como?
Compra nas adegas do José Maria da Fonseca.
Julgo ter percebido que o seu hortelão é o esposo. Pois eu, esposo, deixei de ser o hortelão não estou para isso.
Já agora, sabia que no norte o que no sul se chama engaço, chama-se canganço?
Com respeito.

Zé do cão

Laura disse...

ehhh olha um zé do cão que deixou de ser hortelão... mas atão senhor zé do cão sem nada fazer que se faz? ai que seca...será Alentejano de andar com as mãos nos bolsos (tou a brincar ehhhh)é que eu adoro uma casinha que nem tenho ainda mas vou ter....adoro jardinar acho que aprendi alguma coisa com os meus avós, adoro plantar regar, cavar nem tanto, mas vai ou o manel fica hortelão também e esse é descendente de Alentejanos, por isso anda de mãos nos bolsos cá em casa....é que o tempo livre num apartamento é imenso...Beijinhos pá pascoalita e pó zé do cão...tamém tenho um ão ão chamado shaka que é um verdadeiro ão ão cheio de amor por todos. jis.

Pascoalita disse...

João,

Obrigada pelos conselhos e sugestões :)
Devo no entanto dizer que o meu hortelão tb não é adepto de produtos químicos (nem 1 grama!) e é por isso que compro a fruta no supermercado próximo, enqto vejo as maçãs, pêras e pêssegos cairem aos pés das respectivas árvores e as alfaces e couves transformar-se em covil de lesmas e lagartas, etc. Tudo para bem da agricultura biológica ahahahaha

Já a sugestão para afugentar a passarada parece fácil de por em prática. Na zona onde moro, há anos que vejo alguns vizinhos enfiarem as uvas dentro de sacos de plástico
trqnsparente, fintando assim os predadores ahahahah

Quem sabe um dia não vou mesmo para essas bandas? Há muito que o não faço, calhar já nem dou com o sítio ahahah
Já me estou a ver a perguntar na vizinhança:

- Sabem dizer-me onde fica o "espaço do João"? Reformado, grande amante da natureza, entendedor de botânica ...

O mais certo é acontecer-me como num longínquo verão de 1969 em que, passando em Messejana, ousei deitar a cabeça de fora da viatura e perguntar:

- Ó compadre, pode indicar-me o caminho para a praia? ... seguiu-se uma enxurrada de palavrões e se o motorista não acelera a fundo, voava pedrada pla certa ahahahahah
ahahahahahahah ahahahahahahahahah

Pascoalita disse...

Olá zé do cão :)

Nem dona, nem senhora, só Pascoalita.

Ora essa! Mas por que raio quereria eu o seu afastamento? Nada disso! Gente fixe nunca é demais e agora que o "descobri", sinto que poderei aprender muito consigo.

Muito honestamente, BLOG é o espaço que o amigo assina; isto, digamos que é um "alpendre" onde os vizinhos têm encontro marcado para desenferrujar a língua e desopilar da labuta diária ahahah

Será sempre bem-vindo :))

Pascoalita disse...

ahahahahah

laura,

Deixa que te diga que acumular as funções de "aposentado, hortelão, esposo" não é fácil!

Será que o meu hortelão pensa abdicar de uma destas tarefas??? E qual???

Laura disse...

esposo, esposo, esposo, frio? quente? ahhhhhhh.
A Neide já chegou adorou estar com os avós e eu tinha pedido à coca se me mandava restinhos de tintas para aprender pintura que ela tem montes dela, bem, pensei em meia duzia de tubinhos..mas, xiça penico, mandou um caixote com centenas de tubos de frascos de latas e produtos para isto e aquilo tinta de água e tudo, arrre mana....E veio-me à cabeça eu e a minha amiga pintarmos roupa para vender, ela ja ia ensinar-me mas eu tava a dar tempo para comprar tintas, tenho algumas mas não tantas e.... assim compro as tunicas ou o que for na feira ja feitas e vamos evndendo a amigas a lojas o que der, o inverno ou Outono convida a que se esteja em casa a trabalhar e eu adoro pintar e ela sabe pintar em tudo, desenhamos nós os modelos a pintar e pronto..haja colorido... Beijinhos. ehhh ja falei com o rogerdecastro no msn e agora parece que vamos falar mais vezes, deixa ver se ele entra a neide abriu e mostrou meu blog. jinho a ti e o hortelão na deixará de o ser nem aposentado, assim...quente quente ehhhhhh.

MARTHA THORMAN VON MADERS disse...

Que belo blog.Volto a visitar você!
marthacorreaonline.blogspot.com
Tenha uma boa semana

Teté disse...

Ah, pois é, os passarinhos têm bico fino, só debicam os melhores e mais doces bagos... e depois resta muita parra e pouca uva! Eh, eh, eh!

Uma vizinha da minha avó tinha umas videiras com uvas tão ácidas, que nenhum pássaro debicava nelas, depois dava uns quilos delas à vizinha. Só em sumo e com açúcar é que se conseguiam tragar... :)

Que rica trabalheira tem o teu hortelão!

Jinhos, nina!

daniel disse...

Pascoalita

Realmente o texto saiu uma adivinha, exclareço: Aconteceu o nascimento do meu sétimo irmão, por sinal, irmã e o oitavo dos filho dos meus pais. Tinha catorze anos, parece ter sido ontem!
Daniel

P.S. prosito = propósito.

L.S. Alves disse...

Pascoalita adorei as dicas que aqui achei. Espero que esse ano produza muitas uvas lá em casa. Saindo os cachos eu mando uma foto.
Beijos.