domingo, agosto 31, 2008

Aula de botânica (ilustrada)


Como irão facilmente perceber pelo diálogo abaixo, a aula destina-se à nina africana ahahahah

Pascoalita: - Olha, hoje trouxe-te mais feijão verde (nem me tinha apercebido que o meu hortelão tinha semeado nova remessa) faz "peixinhos da horta" para a D. Sofia e se quiseres dá um pouco à tia Cremilde ... é muito tenrinho.

Africana: - Obrigada! É bom é. Das outras vezes aproveitou-se todo e ainda dei à São e à Titi.

Pascoalita: - Como tem estado muito calor, tem de se regar 2 vezes ao dia para se manter tenrinho. Vou apanhando, mas se ficar nas plantas não há problema porque seca e depois, no Inverno, faço feijoada que lá em casa todos gostamos.

Africana: - Hen? Como é que disseste? Para feijoada? Então quer dizer que aquele feijão seco que se compra para sopa e não só, sai daqui? Perguntava apontando para as vagens verdes.

Pascoalita: - Claro! Pensavas que vinham de onde? Se calhar achavas que já nascia naqueles saquinhos de plástico onde o compras, não? ahahahahah




















Já agora, nina africana, fica também a saber que estes pequenos grãos de feijão que vês ao lado são a semente se quisermos obter nova colheita.

Se te sentires envergonhada e me quiseres dar nas orelhas por expor aqui a tua ignorância, à vontade ... sugiro até que te vingues começando por me explicar qual a diferença entre um tigre e um leopardo ahahahah


40 comentários:

Cusquinha endiabrada disse...

Oh! Oh! Oh! A minha cara ... OH!!!

Bem se vê que nina africana não tem visitado o "espaço do João"???

Ali ela aprende tudo, ou quase, sobre a natureza.

E aqui para nós, pascoalita, achas que a nina africana sabe de onde vêm os tomates??? Claro que me refiro àqueles que servem para salada pois aposto que dos outros sabe ela bem como se tratam ahahahahahah

Laura disse...

Ora nem mais menina cusca, os tomates vêm de todos os lados e mais alguns, mas em África tamém os há ehhhhhh...
Pobre nina africana tu na me digas maria que na sabias que os feijões que comes, verdes,deixando-os nas vagens crescem e depois secam e debulha-se e guardam-se e põem-se de molho e cozem-se e comem-se ehhhhhhh e tantos eeeeeeeeeesssss...
Pobre nina africana lá na mata na havia as hortas dos sobas?...ai a menina ingraçadinha que nada sabe de agricultura..Olha a cusca a perguntar se sabes de onde vêm os tomates!...

Betynha disse...

Ai que eu nem estou em mim ...

Pascoalita, a sério que não distingues um TIGRE de um LEOPARDO?

Pensava que eu era a única a fazer confusões dessas ahahahah

E pior, não faço ideia que diferença há entre um jacaré e um crocodilo ahahahah

Mas para ser sincera, nunca quero chegar perto para saber.

Gatinho frenético disse...

Puxa! Ainda bem que não sou o único que durante muito tempo pensou que as batatas se colhiam das árvores e que o leite se obtinha a espremer figos ahahahah

Mas nem admira ... eu só tenho cabeça para a musica :))

MissEsfinge disse...

Pascoalita,

Explica aí uma coisa a mim ...

Todo o feijão seco que conhecemos (manteiga, catarino, branco etc.) antes de secar dá para comer em "feijão verde"?

Mexicano Tarado disse...

Aposto que também não sabes que há uma espécie de feijão que não cresce nesses arbustos que dizes!

São aqueles feijões que chamam "carrapatos" ou "feijão frade", sabes?

Esses, segundo diz a canção, parece que nascem e crescem atrás das orelhas, senão olha só a letra ...


As meninas da ribeira do Sado é que é
Lavram na terra com as unhas dos pés
As meninas da ribeira do Sado
São como as ovelhas
Têm carrapatos atrás das orelhas

ahahahahahahahahah

africana disse...

Pascoalita: - Claro! Pensavas que vinham de onde? Se calhar achavas que já nascia naqueles saquinhos de plástico onde o compras, não? ahahahahah

Ela nao disse..Claro, disse.."OLHA QUE EU BATO-TE"!!Então tu não sabes que nascem assim??

Vêem como ela me trata?!
E EU TAMBÉM NÃO POSSO SABER TUDO,ORA!
Eu sei que o feijão nasce das vagens, não sabia é que o feijão verde se prestava a isso!Pensei que era um tipo de feijão que só servia para comer assim...

Ó CUSQUINHA..TÁ MUITO DIVERTIDA,TÁ,TÁ!!Vê se te acalmas, está-te a dar a urticária ou quê?
Ai sim?Foi do tomate?És alergica?Sim, claro àquele que comes no prato,ou que achas tu que estou falando!Olha que levas com um feijão verde,NA TESTA!!

"pobre nina africana,lá na mata não havia as hortas do soba?"

Ó Laurinha...eu nunca vi um soba, quanto mais a horta dele!!Vivi sempre na cidade!haahhaahahaha
Mas fazia as minhas hortinhas e também plantava feijão verde..e dava como o caraças, só que nunca vi a evolução dele até ficar seco e duro, para depois o usar como semente.Que queres...cada um é pró que nasce!

"Pascoalita, a sério que não distingues um TIGRE de um LEOPARDO?"

Ó Pascoalita..o segredo está na pinta!!!És mesmo..ingnerante!
E já agora como destingues uma Zebra de um Zebrai?????Sem ofensa!
Pois fica aí a matutar enquanto eu vou dar mais uma volta, huihihihihhih
tou para ver!

Pascoalita disse...

Cusca,

Concordo, a nina africana precisa fazer umas visitinhas ao espaço do João ahahah

Ela nã sabe muito de horta, mas a dar à anca dá pontos, sabes? Olha que em agilidade não te fica a trás ahahahah

Pascoalita disse...

laurinha,

Viste?! Ela fazia hortinhas, só que não dava tempo que a natureza cumprisse o seu papel até ao fim. É mesmo apressada, a nossa africana ahahahah

Pascoalita disse...

Betynha,

É verdade sim! Claro que se estiver a ver ambos ao mesmo tempo a coisa fica simples. Mas por vezes estou a ver o programa "National Geographic" e ao ver um deles, tenho de fazer um esforço para saber se é o tigre ou o leopardo ahahah

Claro que pensar um bocadinho chego lá ahahahah e agora com a explicação da nina africana já sei que é simples ... é só uma questão de "riscas e bolas" ahahahah

Pascoalita disse...

Gatinho frenético,

Não achas que vai sendo tempo de prestar mais atenção a outras coisas?

Olha as GATAS a fazer fila atrás de ti ahahah

Pascoalita disse...

missEsfinge,

Pois perguntas bem ... ahahahah

Há algum feijão que é aspro e tem fio mesmo no início e torna-se duro. Mas suponho que podes comer todo em verde sim.

Há algum mais adequado e este que o meu hortelão cultiva é uma especialidade. Aliás, os legumes do meu manel são excelentes!!!

Pascoalita disse...

mexicano tarado,

O que me admira é que tu, sendo do méxico, saibas tanto dos nossos costumes.

Não são carrapatos desses, homem!

O feijão frade ou de 2 caras, também é conhecido por carrapato em alguns pontos do país.

Carrapatos tens tu por baixo do capote ahahahahahahh

Pascoalita disse...

nina africana,

Xiçça! Depois da tua explicação, ainda fiquei mais baralhada. Quer dizer que quando vir um animal desses na tv, para o identificar vou ter de lhe olhar para as "bolas"? Pronto!

Acho que entendi ... afinal é simples e não difere muito dos outros animais:

Os machos têm "bolas"; as fêmeas têm "riscas", não é? hummmm acho baralhei tudo
de novo ahahah


Agora é tu me lixas com essa questão. O "Zebrai" não é o marido da zebra??? Se for isso, basta olhar para o "escrito" para o distinguir da fêmea ... ou não?

L.S. Alves disse...

Boa dupla fariamos eu e a Africana. Só em fevereiro deste ano, quando visitei um sítio, é que descobri que os amendoins nasciam de baixo da terra.
Um abraço moças.

Pascoalita disse...

Ehpá! Agora é que tanto eu como a nina africamso ficámos pasmadas. Os amendoins nascem "debaixo" da terra??? A sério?

Bem, tanto eu como ela pensávamos que provinham de grandes árvores como o tamarinho.

Mas já agora explica aí ... são pequenos arbustos mas os amendoíns cescem fora da terra, não? Ou são como os tubérculos??? Tem de se cavar a terra para se apanharem?
Fiz uma pesquisa breve e não fiquei esclarecida :((

Laura disse...

ahhh tô varada, tão o nino Alves tamém na sabia que o amendoim e logo na terra dele, nascia lá debaixo? é como aqui o ananáz vem de onde? debaixo da terra e a as folhas ficam de fora, ahhhhhhh, aprenddam minha gentinha e os tremoços? posso perguntar? como saem?...

Laura disse...

ehhh africaninha depois vens ver o meu feijoal ehhh é assim que se chama? na me parece mas é lindo o nome...eu deixo secar algum pra tu veres e os Cabo Verdianos fazem a cachupa com as vagens meias secas põem de molho etc etc ah, coisinha boa boa boa..a mãe da Ligia é que fez para nós e deu pra uma refeição, mas que bom que aquilo tava. ji.

Pascoalita disse...

Pronto! Já descobri um arbusto de amendoím e fiquei estupfacta. São mesmo criadas sob o solo.

As coisas que aqui se aprendem ahahahah

Pascoalita disse...

Ah! Isso sem bem, laurinha :)

Não te esqueças que já vendi tremoços.

Os tremoceiros são pequenos arbustos, onde nascem e crescem pequenas vagens que contêm o grão.
Qdo este está criado tb se deita de molho. Coze-se e depois tem de ficar uns dias em água corrente para adoçar. Só depois se tempera de sal e fica pronto a comer.

Parisiense disse...

Ahahahahahahah, oh maninha nós somos ninas da cidade mas isso não é desculpa......até eu sei que o feijão depois de seco é aquele que está nos saquinhos no supermecado.......porque alguma razão o outro se chama Feijão Verde.

Mas deixa lá maninha que ahá muita gente que não sabe quando os tomates estão bons para salada ou para molho....hihihihihihi e quando os pepinos estão no ponto.....ahahahahahahahahah

A gente entende de outros legumes....hihihihih.....como o abacate, o abacaxi, a banana.....suas mentes perversas......estavam já a pensar em quê???????

E pascoalita tu até sabes porque o teu Manel faz muita plantação.......senão.......ahahahahah

Garota Chorona disse...

xiiii
mas os legumes do teu hortelão são muito produtivos! 17 feij~~oes só numa vagem???

Tensa de me dizer onde arranjou ele essa especialidade, porque nunca vi produção assim ahahah

Laura disse...

ahhhh que risada prá qui vai com as africanas os tomates e quejandos, menina parisiense, no mato havia disso tudo..e os tremoceiros como são?,,a pascoalita é como o alves..nem sabem da ginguba, calhar pensamq ue já sai torrada da terra, deve ser...ehhhhh---

Pascoalita disse...

Lauraaaaaaaaaa

Mas tu perguntas e não ouves a resposta???!!!

Então não expliquei já como se cultivam os tremoços?!!!!

africana disse...

nem sabem da ginguba, calhar pensam que já sai torrada da terra, deve ser...

É Laurinha!Até já vem com a camadinha de açucar à volta e tudo!!E é tão bom!
Estes europeus não percebem nada disto!!!!hihihhihihihihi
Mas ó Laurinha..o ananás não nasce debaixo da terra, porreta!
Caraças, não me baralhem mais!!

africana disse...

Os machos têm "bolas"; as fêmeas têm "riscas", não é?
Cabecinha pensadora!Não sabe..mas arrisca!

"até eu sei que o feijão depois de seco é aquele que está nos saquinhos no supermecado.......porque alguma razão o outro se chama Feijão Verde."

Outra!Como é que eu hei-de aprender alguma coisa d'horta!!

africana disse...

"quejandos"..
Ó Laurinha, que raio é isto?Também nasce debaixo da terra?
Por isso é que eu vou ao super, ao menos aí não me engano!

Parisiense disse...

Do que voces me foram lembrar " ginguba".....

Mas oh maninha mesmo indo ao supermercado tu não te enganas????? Não sei....eu só pergunto por perguntar ..... ahahahahah

Zé do Cão disse...

Vê-se que neste post as senhoras entendem (umas mais do que outras) de
"judias verdes".
Claro que as Judias maduras, são aquelas velhas Judias, gordas, já com as pernas inchadas, mulheres daqueles Judeus feios com tó tós que encostam a cabeça no muro das lamentações lá em Israel.
Uma vez no meu quintal, semeei 15 patos e não nasceram nem patos nem patas. Mais tarde semeei por cima amendoins e nasceram mesmo. Eu e os meus miúdos ficamos todos contentes. Mas não prestam para comer, é necessário torrar, mas isso já não fui capaz de fazer.
Os amendoins para semear não podem ser torrados, têm que ser virgens.
Sobre os patos, fui de Férias 30 dias e os "animalejos" estavam refrigerados na arca. Houve um curto circuito e foi patos, patos, arca,arcos e balões e tudo pró caneco.

Beijocas

Laura disse...

ehhh zé do cão, torrar amendoim basta colocar o tabuleiro no forno sem mais nada, a na ser os ditos cujos e vai-se mexendo o tabuleiro para eles mudarem d eposição e tá..começam a amorenar e prontos...
ai os patos e aa rca estragada, ja me aconteceu com o melhor bacalhau que tive na vida, congelei e a arca estava na garagem e o gaz acabou...fogo, que cheuirete que pivete e fiquei sem ele...

xistosa - (josé torres) disse...

Desculpem ter-me metido na conversa, mas já agora, distingam, o tigre e o leopardo, também do jaguar e da chita.
Não, não é aquele carrão que bebe que se farta, nem aquele tecido, que nem sei se ainda existe, que antigamente, até tinha direito a concursos, para adormecerem as mulheres dos homens, que a PIDE adormecia

Zé do Cão disse...

Aqui não estou de acordo, Torres.

Que a Pide não deixava dormir.

abraços

africana disse...

Mas oh maninha mesmo indo ao supermercado tu não te enganas????? Não sei....eu só pergunto por perguntar ....

Não ligo a provcações,engraçadinha.
Ó Zé do cão, se não queres ter trabalho em torrá-los,usa-los assim em crú para fazer a tal ginguba c/ açucar!hihihih
Mas..não sei não, acho que é melhor torrar-los, dá menos trabalho, digo eu. Não conheço os teus dotes culinários, ahahaahah!

Cusquinha endiabrada disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Cusquinha endiabrada disse...

Bem, eu também aprendi como a pascoalita ... "os machos têm bolinhas" e as fêmeas "têm rachinhas" ... até foi assim que descobri que por exemplo os mexilões e as ameijoas são todos fêmeas ahahaahh

Upps! Mas tavam a falar da selva e eu já saltei para o mar ahahah

Pascoalita disse...

Puxa! ele é "ginguba", "xinganges" , "gindungo", "sobas", "quejandos", etc.

Mas vocês, africanos, têm a certeza que habitavam neste planeta??? Cá pra mim, a nina africana tem razão quando diz que veio de marte ahahahah

Pascoalita disse...

zé do cão,

De "legumes" entendo eu! Garanto que cuido bem deles e quem já viu a "horta" do meu manel sabe que é verdade ahahahah

Pascoalita disse...

José Torres,

Credo, nino! Não me baralhes com tanto "bicho". Os meus neurónios já estão meio queimados e tudo o que for a mais de "um par de patas" já é areia demais pra minha "camioneta".

Pois se já me custa distinguir entre dois ...

ahahahahah as minhas recordações da chita (tecido) remontam a tempos bem longínquos, aos vestidos que a minha mãe costurava quando eu era menina, mas como eu me lembro desses concursos que referes e do sono que de facto provocavam ahahahahah

Pascoalita disse...

garota chorona,

Bolas, não te escapa nada! Já pareces a tua prima cusca ahahah

Claro que aqueles feijões ali ao lado não se criaram todos numa única vagem! A minha horta fica ali prós lados de Mafra, não há fenómenos do entroncamento!

Pronto, tá dado o esclarecimento e pára lá com a choradeira ahahahah

Rafeiro Perfumado disse...

(tomando apontamentos)
Não sabia?!? Francamente, isso é do mais básico que há!

(imprimindo para depois estudar no comboio)