sexta-feira, junho 05, 2009

Árvore das Patacas


Decorridos 5 meses após ter partilhado convosco o meu propósito de mudar drasticamente alguns hábitos que além de me trazerem benefícios ao nível da saúde, permitiriam uma razoável poupança, dou-vos hoje conta de que o mesmo corre sério o risco de ter os dias contados!

Durante 5 meses cumpri à risca aquilo a que me propus e a poupança ia de vento em poupa, como esta foto comprova eheheh



Mas para quem não sabe, há certos factos que em mim produzem um efeito psicológico contrário ao que acontece com as pessoas normais. A partir do momento que decidi visitar a Madeira, viagem agendada para o próximo dia 15, e perante a perspectiva de utilizar o produto da poupança já acumulado em pequenos castos pessoais, o normal não seria interiorizar a necessidade de reforçar a poupança?

Pois em vez disso sinto que perdi o entusiasmo e nos últimos dias venho cedendo à tentação de regressar ao hábito do consumismo gratuito e supérfluo ... esta semana voltei a comprar uma revista cor de rosa e ontem não resisti a comprar 2 raspadinhas eheheh

Não há dúvida que a única forma de manter a promessa que fiz a mim mesma, é adiar a colheita dos frutos e continuar a regar a "árvore das patacas" eheheh

13 comentários:

Cusca Endiabrada disse...

Isso é uma espécie de pinheiro, certo? Posso saber onde posso adquirir uma árvore assim?

Que belas patacas!!! Em vez desse blá blá blá por que não dizes logo qual é o adubo que usaste?

Anónimo disse...

Só podes estar a gozar com o pessoal. Já nem me lembro quando foi a última vez que tive um desses frutos na minha mão.

E que eu saiba, nenhuma árvore nasce do nada!

Ora conta aí qual foi o BANCO que assaltaste, hen?

Gatinho frenético disse...

parece um leque daqueles que as damas usam para se livrarem dos calores quando vão à ópera.

:)) :))

Laura disse...

Ahhh, bota aí a marca do adubo, já que tens um bom jardineiro que te rega a árvore de vez em quando... ou seja, dando ele, guardas tu ehhhhhh, mas que poupadinha, ora fecha lá o leque que ainda tas levam sem dares por ela... revistas cor de rosa, falsas como o milho, eu tenho-as aos montes, dão-mas e coloco-as na casa de banho e cada um lê enquanto está ocupado...a vida da nossa sociedade nem vale a pena saber dela, é tudo uma falsidade, e n´so a alimentar a vidinha deles com os trocos que damos por elas, enfim... guarda que onde vais apanhar sol, tem muito que evr e comprar... Beijinhos e belas notas...laura.

Pascoalita disse...

Cusca

A ideia era mesmo ter um "pinheiro especial" no próximo Natal e como vês iam bem lançada, mas ...

Pascoalita disse...

anónimo,

Onde foi o assalto? Pelo produto do roubo não se vê logo que foi num dos Banco falidos? eheheh

Pascoalita disse...

GatinhoFrenético,

Tu é que fazes bem ... quer chova, quer faça sol, levas a vida a cantarolar eheheh

Pascoalita disse...

Laura,

O meu interesse pelo JET7, vida de princesas e primeiras damas, moda, etc., sempre foi e será menor que o teu :))

O vício das revistas cor de rosa e SUDOKU têm apenas a virtude de me ajudarem a passar o tempo no bus, sendo que a maioria nem chega a casa e esqueço o que leio e vejo no minuto imediato, daí que em Janeiro tenha decidido não comprar mais.
Claro que não faltará na Madeira onde gastar EUROS e o João Jardim e a economia local agradecem eheheh

Mas o meu desabafo ia no sentido de dizer que, interrompendo agora, perdia o interesse em continuar a poupança, entendes? É tolice, mas eu funciono assim.

Mas depois de ter visto o manel a gozar-me ao ver as notas, agora faço mesmo questão de não gastar este e continuar a poupar até ao fim do ano como estava previsto eheheh

Bom domingo, menina

jinhos

Parisiense disse...

Já dá para tirares umas boas ferias na Madeira...isso é que foi poupar......mas tens de continuar, pois gastar dinheiro em revistas cor de rosa é mesmo um desperdício, pois as mentiras e aos desmentidos que lá aparecem apetecia era processa-las todas.

Umas ferias a ver coisas lindas a beber uns fininhos e a comer uns tremoços é bem mais agradável.

Continua a apostar na tua árvore das patacas.....se não conseguires gastar todo avisa que eu vou ai dar uma ajuda....hihihihih

Beijokitas e bom domingo.

Laura disse...

Tas enganada nina pascoalita, nenhum interesse me rpende ás revistas e ao pessoal que lá vem, chega a tv quando os mostram, e, como disse, nunca as compro, quando tinha euros, ia mais pela Hola, a unica revista de que gostava e assim, o espanhol sai mais fluido, as nossas ninas cor de rosa, nada são comparadas com as espanholitas, ahhhhhhh...
Poupa pois, nina, quem sabe ainda vais ao Brasil com esses trocadinhos...ou antes, deviamos ir todas, mas que bom que seria.. Beijinhos.

L.S. Alves disse...

Muito linda a sua árvore. Tomara que ela se espalhe aos pedaço na sua viagem à Madeira. Assim poderás plantar outra para o ano que vem.
Um abraço moça e boa viagem.

africana disse...

Árvore das patacas?Ainda me hás-de explicar como é que consegues guardar uma "árvore" dentro de uma gaveta!Mas vindo de ti nada me espanta! ahahahahahaha
há já sei!é do tipo bonsai!

castela (Portugal Notável) disse...

Olá amiga
Tem aqui um belo blog.
A partir de agora estarei atento ao seu blog.
Obrigado pela visita e Cidadelhe é de facto um local único.
Eu tb. sou poupado, ou pelo menos, não preciso de muito para estar bem. basta-me algum conforto material, boa gente (família e amigos), livros e viagens.
Um abração
Castela