sexta-feira, junho 13, 2008

Santo António, meu padrinho



Muita gente estranha o facto de eu me referir a Santo António como meu padrinho, mas a verdade é que na época em que nasci, no interior do país, sobretudo em famílias de parcos recursos económicos, era frequente invocar-se um Santo para testemunha de baptismo das crianças!

Dos 7 filhos que os meus pais tiveram, apenas os 2 mais novos conheceram padrinhos terrestres.

No meu caso, a minha avó materna que mal conheci, acumulou as funções de madrinha conjuntamente com o Santo António que também é padrinho de alguns dos meus irmãos.

Lembro-me que em criança me sentia desfavorecida e um pouco infeliz quando por ocasião da Páscoa as outras crianças exibiam as tradicionais amêndoas recebidas dos padrinhos, mas hoje até sou capaz de reconhecer que para além de original, é um privilégio ter um padrinho tão Nobre!

E nada melhor que esta maravilhosa imagem do arquiteto e artista plástico (brasileiro) Sérgio Ramos para honrar o nome deste nosso Santo Popular!

E quantos de vós não gostariam de ter um padrinho assim, bondoso, milagreiro e SANTO?

Vá lá ... confessem eheheheh


27 comentários:

Grilinha disse...

Nem todos se podem dar ao luxo de ter um padrinho Santo

Viva o Santo António e os seus afilhados (tendo em conta que é o santo dos casamentos deve ter milhares de afilhados)

Pascoalita disse...

Olá, Grilinha! Chegaste mesmo na hora ahahahahh

Ora então ...
viva o SANTO ANTÓNIO!!!
Vivam os seus afilhados!!!

Por enqto inda não recebi nenhum presente deste meu padrinho ... e daí quem sabe ele não deu uma mãozinha quando naquela noite, ao escuro, de candeia apagada eu encontrei o meu manel ahahahah

Cusquinha endiabrada disse...

Olha, olha ...
mas quê lá isso??? Post novo??? Então e a solução do enigma dos canibais???

Não tás a pensar que te safas sem contar, ou tás?????

Cusquinha endiabrada disse...

Ops!!! Eu cá não me importava nada de ter um pasrinho santo! Assim como assim, nunca vi o meu ahahahah

Gatinho frenético disse...

Oh! Oh! Mas agora pergunto eu ...
aquela ali ao colo és tu???

Se calhar o Santo António poisou por momentos o menino Jesus para te pegar durante o baptismo.

:) :)

Também quero colinho santo!!!

Laura disse...

Ai que giro pascoalita, pois nem sabes como ele leva as funções a peito..pnsas que se esquece de ti? nanja nanja na senhora, mas quem me dera que os meus pais se lembrassem de me dar um padrinho assim..Os meus padrinhos foram dois manos da minha mãe e já faleceram a Madrinha era professora e o padrinho lavrador, mas muito boa gente.
Gostei de saber que era assim, à parte d enão teres amendoas na páscoa, mas eu também não tinha, como não vivi cá muitot empo eles foram esquecendo a tradição e a mim nem me ralava nada...
Um beijinho cheio de amendoas de pascoa...Até comia uma e uau, lembrei-me agora que aminha tia me deu um pacote delas cheias de chocolate quando me veio visitar a semana passada, e daqui a nada apanho-os distraidos e vou as papando ehhhhhh, já que não jantei...é que tenho um dente a incomodar cumó catano e nem posso comer carne ou coisas mais duras..arre não me chegava a sorte que tenho tido e....

Laura disse...

ahhh como diz a minha cusquinha; tás apensar em fugir e deixar o assunto dos canibais pa resolver..nánáni ná nó...

Laura disse...

Eu bem te disse que o santo nem é casamenteiro, e decerto ele não estava por perto senão...

Betynha disse...

Pascoalita,

Sempre ouvi dizer que o Santo António era de Pádua ou quanto muito de Lisboa. Pelos vistos ele teve de viajar bastante para ir ao teu baptizado!

De facto, tens motivos para te sentires privilegiada ahahah

E eu vim de paris para festejar os santos populares ... qual é o próximo??? São João não é???

Pascoalita disse...

Calma, cusca!

Já disse que amanhã darei a solução. Isto se o meu filhote mais velho que ainda não chegou para cá passar o fim de semana, não assambarcar o pc ahahah

Mas vai lá tentar mais um pouco. Pode ser que acertes na solução

Pascoalita disse...

Não! Claro que não sou eu| Já viste que pezinhos mais ternurentos? Só podiam ser do menino Jesus.

Os meus pés são a coisa mais mal amanhada que possas imaginar ahahahah

Pascoalita disse...

Podia ter usado a imagem de Santo António que guardo do tempo em que tinha aqui a casa de campo, mas já está um pouco deteriorada devido a ter estado 7 anos num nicho que a casa tinha, ao sol e à chuva. Tadinho do meu padrinho eheheh

Pascoalita disse...

Pois era assim, laura!

Muitos miúdos tinham Nossa Senhora de Fátima como madrinha, outros havia que o padrinho era S. José, tal vez de acordo com a devoção dos pais. A minha mãe sempre foi devota de Santo António e por isso "encomendou-nos" sempre a este santo.

Lembro-me de há uns anos atrás, por brincadeira, me queixar de nunca ter recebido um presente do meu padrinho. Mas quantos afilhados haverá por esse mundo fora que para além do dia do baptizado, não tiveram mais contacto com os seus. Alguns nem saberão quem eles são.

Os meus filhos tiveram muitissima sorte com os PADRINHOS que lhe ganharam, mas isso é muito raro.

marius70 disse...

Em vez de ser o padrinho a oferecer alguma coisa à afilhada, bem podias tu oferecer um par de óculos ao teu padrinho. É que com o casa e descasa que por aí vai o Santo até ficou vesgo.

:)


Tenho uma irmã que a madrinha dela é a Nª Sª de Fátima. É a única, o resto tem padrinhos de carne e osso, é que isto de comer folar virtual não dá não.

O teu padrinho é um grande maroto, apagou a luz na hora certa.

:)))))))))))))

Já há muito que não passava por aqui.

Tudo de bom

Pascoalita disse...

ahahahah
Olá Marius :)*

Que boa surpresa! Gostei. Aposto que foi o meu padrinho que te segredou ao ouvido:
- "E se fosses até ao blog da pascoalita?! Ela ia ficar radiante" ahahahah ahahahahah

Pois é ... o padrinho antoninho foi bem compincha, sim senhor! Arranjou-me um marido à maneira e recomendou logo que não aceitaria reclamações! E ainda há quem duvide que seja casamenteiro eheheheh

Um beijo e boas sardinhadas

PS - Tenho um convite para ir amanhã à noite a cascais a uma sardinhada festejar Santo antónio, mas buli tanto hoje que amanhã nem devo ter forças pra comer ahahahah hahahah
O meu padrinho bem podia mandar-me uma fada que me ajudasse com as tarefas do lar eheheh

Laura disse...

Biste, biste? o marius bem te disse e com acerto que devias oferecer uns óculos ao teu padrinho...Mas tamos a ver o santinho de óculos? Quem imaginaria nos tempos de antanho o pessoal santinho d eóculos?...e como é que eles viam quando chegavam à nossa idade? para escrevinhar, ai, ai, ai que o vidro ainda nem existia..tadinhos deles, assim tem desculpa o teu Santo padrinho..tava mesmo vesgo e ainda por cima era de noite... e assim nem com candeia acesa...
Ji e vais deixar de ir comer as sardinhas feitas pelos outros e só tens de te sentar..ai ai ai que já nem digo que seja só o teu padrinho que tá vesgo...
Beijinho pascoalita...

Laura disse...

pascoalita; então deixa-se o padrinho ao sol e à chuva? e ós pois ainda recalamavas das amendoas..ó valha-nos...

Pascoalita disse...

ahahahahah pois foi, tratei muito mal o meu padrinho! Mas já o recompensei ... agora está colocado num cantinho junto da lareira e fica ali o ano todo :)

Acabei de chegar de cascais! Éramos 40 + a criançada. Comi 5 sardinhas e já estão boas.

Acreditam que não me sentei um segundo? Fiz questão de manter a madrinha sentada e e levei o tempo todo a levantar pratos e copos e até comi as sardinhas em pé para escorregarem melhor eheheheheh é que eu sabia que se me sentasse, já não me levantava.

Foi uma jantarada à maneira! O pessoal estava feliz e correu tudo lindamente ... ou não fosse em honra do meu querido santo antónio ahahahah

P.S. Agora vou passar pelos canibais e ver se alguém solucionou o enigma ahahahh

Laura disse...

É isso e de convidadas passamos a Marias, mas tem de ser a Madrinha ainda deve estar fraquinha das pernas..e o Padrinho? já entrou nos eixos? Eu nem dava nada por ele, mas que bom que conseguiu...
Jinhos e ainda nem provei sardinhas e quando te li que as sardinhas agora sabem a caranguejo, bem, eu gosto mais de caranguejo que de sardinhas...
Beijinho.

Pascoalita disse...

Boenos diasss

Dizia eu ontem à nina africana que depois daquele jantar em cascais, o domingo seria para relaxar e recuperar forças para a semana que se aproxima. Pois estava enganada! Andei + o manel toda a manhã a dar continuidade à limpeza anual. Malditas moradias que acumulam tanto lixo eheheh

Menina do Rio disse...

Gosto da imagem!
Um beijo pra ti querida

Diego disse...

www.diegomeumundo.blogspot.com


Estou a comecar recentemente o meu, visitem e deixem la o seu coment nos meus primeiros textos, obrigado ;)

Parisiense disse...

Nunca tinha ouvido falar de tal......ter um padrinho santo????mas és mesmo uma priviligiada pascoalita.

Então Viva ao Sto Antonio padrinho da Pascoalita.

Pascoalita disse...

menina do rio,

Já viu que o autor é seu conterrâneo??? Adoro este tipo de pintura e se não fosse muito caro até era capaz de adquirir algumas obras.

parisiense,

Pois conheço várias pessoas da minhas geração que tinham padrinhos ou madrinhas escolhidos do altar da igreja.
Só na minha casa éramos 5, todos afilhados do mesmo santo!!!

Geralmente, dava-se ao afilhado o nome do respectivo santo, mas obviamente só o meu irmão mais velho ficou antónio ahahah

Pascoalita disse...

Costumo criticar o meu padrinho chamando-lhe mesmo "forreta" por nunca me ter dado um presente, mas pensando bem, os meus irmãos mais novos não tiveram melhor sorte, já que os seus padrinhos de carne e osso também não tinham "mãos largas" ... creio que só viram os afilhados no dia do baptismo.

Teté disse...

Bem, pelo menos melhor do que o meu padrinho é de certeza! Com o qual não falo há anos, diga-se de passagem! Que é arrogante, egocentrista e tem assim umas manias de superioridade que têm o condão de me irritar solenemente! Vendo bem, isto não é grande elogio para o Santo António... :)

Jinhos, ninna!

L.S. Alves disse...

Estás bem de padrinho. Até aposto que não teve dificuldade alguma pra casar. Também com um padrinho desses.
Um abraço.