sábado, outubro 27, 2007

À descoberta do Alentejo ... Parte I

Como alguns amigos sabem, a nina africana que acumula as funções de minha Amiga e colega, tirou recentemente 2 semanas de férias, a fim de recuperar forças, que bastante necessitada estava e igualmente merecia.
No regresso, como é seu hábito, elaborou um reportório muito pormenorizado e garanto que fiquei com a sensação de a ter acompanhado aos locais visitados e presenciado os caricatos episódio:


..................................//........... // ..............................

por Africana ...

"As ferias foram mesmo para descansar! As únicas coisas que fiz foi passear, comer e dormir. Acho que nunca estive tanto tempo sem fazer nenhum! ahahahaha Mas valeu a pena, lavei a cabeça e o espírito.
Saímos de Lisboa no domingo, eu, o Zé e a titi que apesar dos seus quase 91 anos não perde uma, e o duo habitual (a São e o Jorge), chovia que Deus a dava, em direcção ao Alandroal , onde almoçámos um "cozido de grãos à alentejana", que consiste num cozido à portuguesa, mas com grão e feijão verde.


Como sobremesa comemos um combinado que consiste em "Pão de Rala, Enxarcada, Enxovalhada, Tarte de Noz, e filhós e mel. Só vos digo que mais parecíamos mulas a arrastarem-se pelas ruas, tal o peso do bandulho! ahahahah


Depois duma volta pela seguimos para Vila Viçosa onde dorm
imos, na hospedaria da Dª. Conceição Batanete! hihihih nome tipicamente alentejano, uma senhora muito comunicativa e bem disposta que já conhecíamos de anteriores viagens pelo Alentejo.
No dia seguinte, marchámos em direcção a Beja, zona histórica da cidade, onde tínhamos marcado pensão. Mais parecia uma pensão fantasma, deu para termos todos os dias algo estranho a acontecer e que era motivo de risota (ex., de cada vez que o Jorge, marido da São, ligava o secador de cabelo a luz ia abaixo e lá tinha o Zé de ir ligar o quadro (convém esclarecer que executar o penteado do Jorge é trabalho árduo ... digo-vos, não é tarefa fácil conseguir que a uma única madeixa de cabelo cubra todo o descapotável de modo a que um calvo passe por um ganda cabeludo e dependendo do sucesso do penteado, assim corria o nosso dia.

O Zé, para evitar más disposições, lá descia a escada, a fim de ligar o quadro sempre que era necessário ... descia e subia 2 longos lances de escada; o outro episódio ocorreu com a tia que um dia ao ligar o candeeiro da mesa de cabeceira, a lâmpada deu um estoiro e pensei que ela ia morrer com o susto ... falava-se num quarto e ouvia-se nitidamente no outro ao lado, pois todos os quartos comunicavam entre si. Enfim, casas antigas, mas os donos eram uns amores de simpatia.

Se não ocorressem estes incidentes, as férias não teriam tanta graça! As peripécias começaram logo no início, connosco à nora antes de darmos com a dita pensão, tendo carregado com os sacos às costas, porque naquela zona não era permitido estacionar.

Bem, aí montámos o nosso "quartel general", saindo todos os dias em direcções diferentes, mas regressando "a casa" sempre ao fim do dia, de Segunda a Quarta Feira, inclusivé.


Durante os 3 primeiros dias, andamos sempre de guarda chuva na mão, pensei mesmo se não íamos poder beber de pé, tal era a fartura!

Nesse dia almoçámos no "Pé de Gesso" tipo enfarta brutos, tendo-nos servido apesar de ser o dia de descanso do pessoal ... porta entreaberta ... qual penetras ... fomos entrando e ... abancámos! Nesse dia ficámos por Beja."


Continua ...
II Parte prevista para breve ...


34 comentários:

Laura disse...

Bom dia. Já tinha lido o relatório que tem kilómetros, e vale a pena pois arrancou-me boas gargalhadas que tive de dizer ao pessoal porque me ria... Foi lindo e apesar da chuva nem se queixou..pudera, andou por belos lugares e excelente companhia, até ia uma titi do zé que já tem 83 anos ou mais, e acompanhava-os sempre nas andanças a pé por ali, rica titi..conheço-a e sei do que falo...
Mas quem me dera ir passear assim a torto e a direito...

Pascoalita disse...

Tive de cortar a "reportagem" em 3 partes e mesmo assim digo-vos ... eu que até sou um "bom garfo", sinto-me enfastiada com tanta comezaina ahahah

Fico com a ideia de que este quinteto, a cada esquina se sentavam a "enfardar" eheheh

Das 300 fotos que a africana captou e fez o favor de passar para o meu pc, escolhi as que achei mais bonitas para ilustrar a descrição do passeio.

Nota: Deve ter-se em conta que a descrição/texto se destinava a ser lido apenas por um grupo restrito de pessoas, podendo eventualmente conter linguagem pouco própria.

sveronica disse...

Acho que eu preciso de umas férias assim...
Querida, ando em falta, pois tenho me dedicado a um outro blog que criamos num grupo de 44 pessoas em prol de uma causa e o tempo anda reduzido; estou tentando botar minhas visitas em dia e já tinha saudade de te ver.

Deixo-te um beijinho e volto pra ver o fim dessas "férias"...

Fica bem

Menina do Rio

Luso: Prós e Contras disse...

SE TE EXTRAÑA EN BLOG LUSO
BESITOS

Grilinha disse...

Que bela passeata da Africana

PS: Não respondi á tua sms porque só a li á noitinha mas estou "bem"

beijinhos

Laura disse...

Confesso que fiquei com inveja de passear assim...com o mê manel nem me apetece ir nem presta, enjoo ehhhh do homem claro, não do carro que até é bom e vistoso ehhhhh,s em companhia? era o que faltava, mas a ler este relato, ai africana que dor de cotovelo e que lindas férias tiveste, mas tu contentas-te com qualquer coisa e ós pois sai-te tudo melhor que a encomenda...jinhos..

Laura disse...

Bem, vou reservar já desde aqui a minha passeata com o grupo para o ano que vem, de certeza certezinha que muito antes disso já nado em euros e ninguém vai estorvar o meu passeio...quero que vás tamém, com ou sem hortelão, mas o melhor é deixarmos os homis atomar conta da casa e da horta e do cão...
mas vamos vamos e vamos, garanto-te...
esta sortalhuda da pariga mailos acompanhantes dela nem são mais que a gente, ora essa...

Pascoalita disse...

sveronica,

Pois é, menina, como eu costumo dizer, o tempo devia ser elástico, plo menos qdo fazemos algo agradável. Se eu fosse cuidar dos afazeres domésticos como fazia antes, não me sobrava um minuto para fazer o que gosto, mas cansei ... em 1º lugar estou eu e só depois a casa e o resto eheheheh

Mto sucesso nessa vossa causa. Irei passando e comentando de vez em qdo sem compromisso, tá?
jinhos

Pascoalita disse...

Luso: Prós e Contras,

Já passei pelo LUSO!!! Vou tentar ser mais assídua, mas não prometo eheheh

Grilinhaaaaaaa

Que bom ouvirte, menina! Quer dizer, ler-te eheheheh que saudades.
Sinto-me num país distante, parece que há anos não trocamos notícias eheheh
Jinhos

Pascoalita disse...

Lauritaaa

Hoje tive cá a "sem pescoço", ou melhor o "casal de cucos" eheheh

Foi talvez a última saridnhada deste ano! A seguir ao almoço, como é habitual sempre que cá vêm, fizemos uma caminhada até ao cimo do monte (andámos cerca de 5km) e no regresso fizemos um lanche (chá de "lucia lima", requeijão, queijo fresco, presunto, chouriço porco preto e branco, etc. e por fim um magusto. Bem, não foi bem magusto, já que as castanhas foram assadas no forno, mas foram bem regadinhas com jeropiga caseira eheheh

Um passeio assim tb eu queria, mas embora não seja tão sonhadora como tu, ainda não perdi a esperança ... bora lá todos pra parecermos muitos ahahahah

Laura disse...

Ó mana, bora lá mesmo e acredita que vamos e que um certo nino de longe há-de aparecer, se os meus sonhos se realizarem..creio que vamos visitar muitas terras da nossa terra.... prefiro ajudar os nossos do que ir encher a bolsa aos de fora e só os nossos é que não vêem isso, mas agora ficam em terra que os tipos dos aviões andam em terra...podeiamos ter melhor turismo e melhores casas de dormidas, ams são forretas e querem investir pouco e guardar muito...assim..so ficam a perder..eu ia lá pá pensão que o secador de cabelo deitava a luz abaixo? mas ao menos tinha que contar de tão engraçados momentos..eia, nems eis e ja lá chegamos à parte do secador, ja tinha lido tudo ehhhhhhhhhhhhh...
vês como sobes aos montes e desces e depois presuntada para cima...que bom...sem pescoço? arre pões cada alcunha...

Pascoalita disse...

"As ferias foram mesmo para descansar!"

Puxa, eu acho que só as vezes que se sentaram pra comer, deviam deixar-vos exaustos!

"O Zé, para evitar más disposições, lá descia a escada, a fim de ligar o quadro sempre que era necessário ... descia e subia 2 longos lances de escada"

Mas olha que nem assim aquela proeminente barriga reduziu de tamanho eheheheheheheheh

Pascoalita disse...

"Se não ocorressem estes incidentes, as férias não teriam tanta graça!

Mas achas que seria possível num raio de poucos quilómetros à tua volta não ocorreram peripécias? ahahahahahahah

O desgraçado do Zé ficou com água na boca ... inda não foi desta que papou a mousse especial ahahahah

Aposto que o dito restaurante que faz essa especialidade fica prós lados de Vila Nova de Foz Côa ... vocês entraram na via rápida errada eheheheheheheheheh

Pascoalita disse...

" ... Nesse dia almoçámos no "Pé de Gesso" tipo enfarta brutos, tendo-nos servido apesar de ser o dia de descanso do pessoal ... porta entreaberta ... qual penetras ... fomos entrando e ... abancámos! ..."

Olha que é preciso lata!!! Mas conhecendo-te como conheço, se fosse preciso tu própria deitarias mãos à tarefa de fazer o almoço ... era só darem-te largas eheheheheh

Adrianna disse...

Mas que belo passeio por terras alentejanas! Conheço apenas Beja e muito mal. Há muitos anos que não viajo para o outro lado do tejo.

Gostei de saber que te divertiste e sobretudo descansaste a mioleira, pois bem mereces, já que no dia a dia não tens a vida nada facilitada eheheh

Pascoalita disse...

Muito eu me rio só de imaginar o Jorge a fazer o dito penteado ahahahah
Já lhe sugeriste que faça um implante de cabelo??? É cada vez mais fácil e de resultado satisfatório.

Só vejo um inconveniente ... perderiam uma boa dose de gargalhadas na próxima viagem em grupo eheheheh

cusquinha endiabrada disse...

Hummm que bom! Férias assim sem fazer nenhum também eu queria. Até os neurónios funceminam melhor e eheheh

Qdo for grande quero fazer um passeio assim e ver coisas lindas como tu, pronto!

Ahlka disse...

É que nem haja dúvidas, o melhor das férias são os imprevistos! :))

A história do secador está o máximo!! Ainda há pessoas com bom feitio... Eu não sei se não o teria atirado janela fora ;)


PS. Não posso deixar de ver uma insecta, fresquinha que nem uma alface. Bons olhos a vejam! :)

mary90 disse...

Olá Pascoalita.
O meu "tesourinho" já foi para a mãe e, la arranjei um bocadinho para te visitar.
Para as próximas férias devias fazer este passeio:)
Eu estou sempre cheia de vontade de viajar já conheço estas terras e também Evora, eu e o Marius andamos sempre á procura de sítios novos para conhecer e na verdade a zona do Alentejo não é a que mais gostamos, o norte tem terras lindíssimas para visitar Viana do Castelo,Braga, Espinho e muitas mais...
Mas gostei muito da tua sugestão deste ano e, talvez volte a Viseu.
Uma boa semana, de passeatas:)
Beijocas

Laura disse...

Ehhh esta africana tem solas de cera, percorre meio mundo e tem graça no que escreve,aqui no Minho correram as férias mais pacatas e nada levou para contar ( a nãos er a queda da titi e a termos levado ao hospital e eu com ela ao colo a entrar na carrinha do marido da pascoalita e o pé dela que nem entrava na carrinha, arre.... nos alentejanos foi o que se viu..quero ir pó alentejo que tou farta do norte..e os do sul querem vir para cá? ninguém se entende manas ehhhh.
Beijos...

Laura disse...

Ah, e também fomos para o Gerês e comemos aquela carne deliciosa e ainda vos arranjaram dois garrafões de verde do bom, só aqui...

Laura disse...

E ao s. bento da porta aberta fomos por duas vezes porque a pascoalita pensava que na Sé de Braga também havia um S Bento já que tinha a porta da igreja aberta...

Laura disse...

Uma delicia foi o que foi, ficou tudo cá em casa, só o manel da pascoalita não quis abusar e sem dizer nada alugou quarto no hotel sem ser preciso, vinham direitinhos para cá de manhãzinha, e que risadas e que coisas boas e que bela treta entre todos, espero repetir para o ano... a beli a fazer aquele pastelão que levou ingredientes de tudo e no fim foi de comer e chorar por mais, a visita do paulo vosso colega, que alegria manas, vamos repetir já...

Freyja disse...

gracias amiga por tus saludos y tu compañia y por el apoyo que das
te dejo muchos cariños y que estes muy bien
una linda semana, besitos

Freyja disse...

disculpa se me olvido decirte que de blog Luso te doy las gracias
mil besitos

Pascoalita disse...

O convívio são entre verdadeiros amigos é do melhor que há na vida!

Estes passeios têm piada é assim em grupo, mas eu já me contentava em faze-lo apenas com o mê manel eheh

Laura disse...

Tu e eu e os nossos manéis deixavamos muito a desejar, mas sózinhas? arre mana...

Pascoalita disse...

laurinha,

mas na Sé de Braga há um S. BENTO, sim! E uma porta aberta também ahahahah ahahahah ahahahahah
Só não é o mesmo, o "S. Bentinho" fui mesmo anjinha nesse dia ahahah

Pascoalita disse...

Oi, Ahlkinha,

O próximo passeio da nina africana será numa direcção próxima de ti eheheheh

Mary90,

O nosso país é todo ele cheio de cantinhos lindos! Nem vejo necessidade de sair as fronteiras.
Boa semana

Pascoalita disse...

Freyja,

Olá! Não é para agradecer. Visitar o Luso é sempre um prazer eheh :-)

Laura disse...

De que semana estás a falar para mudar isso? já andamos todos a ler a mesma coisa há séculos, passa à frente, temos curiosidade...

africana disse...

Reler esta descrição fez-me reviver cada passo que demos durante essas tão relaxantes férias que me souberam que nem ginjas!Que verdadeiro relaxe!Comer, passear e dormir eram as três fases dos nossos dias!
Tou farta de rir!Vocês têm toda a razão nunca vi comer tanto, até me enfastiava só de ver.É que eu e a titi de 91 anos,só comiamos uma refeição de faca e garfo por dia,ao almoço, à noite comiamos uma torrada e um galão, ou uma tosta, mas os outros 3 galifões..só de os observar se me enchia o estômago, quaze de forma a alcançar com os dedos alguma ervilhita, ou pedacito de carne, caso abrisse a boca!!
Realmente este tipo de passeatas são mais giras em grupo e sobretudo se os elementos se entendem todos bem.Foi mesmo muito engraçado.

história do secador está o máximo!! Ainda há pessoas com bom feitio... Eu não sei se não o teria atirado janela fora ;)

Podes crer Alkinha, mas o problema não era do secador mas sim do quadro eléctrico que não aguentava, pelos vistos!Mas tendo em conta que o utilizador do electro doméstico era um e o que descia e subia as escadas era outro..só te digo..que pachorra a do Zé,queria lá eu saber do penteado do dono do secador!
Mas temos que nos lembrar que estava em causa o nosso bem estar diário..pois como disse, desse bendito penteado dependia as coisas correrem bem ou não!hihihihi, el há cada maduro!!Vá lá que era o único com esta queda para os penteados artísticos,imaginem se nos dava a mesma telha a todos, aquilo é que era arfar, sobe escada desce escada, sobe escada desce escada!!hahaahahah
De repente lembrei-me do amor de um habitante da selva que se perdeu de amores por uma girafa e uma das exigências da donzela era que lhe beijasse a boca e lhe apalpasse as tetas, obrigando-o a um vai e vem tão desgastante, capaz de desmoralizar e matar qualquer grande amor!hihihhiihh

Ehhh esta africana tem solas de cera, percorre meio mundo..

É verdade Laury, tens razão nunca me canso!ahahaaa,quaze sempre para não dizer sempre, eu ia uns bons 10 a 20 metros a frente, e tinha que parar e esperar por eles e acreditem que não era por culpa da titi!Essa é a única que consegue acompanhar o meu passo, acreditem que é verdade, mas também essa pesa os míseros 37Kg, não 80 ou 90!
Para quem comia daquela forma...nem sei como não rebolavam em vez de andar!
Mas esse passeio ao Gerês também foi muito giro, sem dúvida!

Vou ver a 2 parte deste passeio..

Bichodeconta disse...

De água na boca, resta-me comentar..É muita maldade passear assim pelo Alentejo, sem mim claro..Desde uma ponta á outra , não encontrariam melhor guia.. tanto para os lugares bonitos como para os de bem comer.. Ainda bem que gostaram, O Alentejo é um mundo de magia.. tem lugares lindos, alguns bem perto dos sitios por onde passaram, tal como a sempre noiva, perto de Arraiolos, E na estrada que segue para Portalegre, Flor da ROSA, CRATO, e Alter do Chão, são lindos estes lugares, pró outro lado da estrada podiam encontrar , Veiros, E Santo Aleixo,(terra das marionetas.. Monforte, Stª Eulália, terras muito bonitas e de gente de bem receber.. o artesanato também é muito bonito..Um abraço..

africana disse...

De água na boca, resta-me comentar..É muita maldade passear assim pelo Alentejo, sem mim claro..haahahahahahaahaha,deixa nina, da próxima vez peço-te um roteiro de lugares, tascas e restaurantes e não sendo de lá ainda faço um brilharete! ahahahahaha

De todos esses lugares que mencionas aqui já por lá andei, com excepção do Crato,pois de à 4 anos a esta parte,todos os anos venho a fazer umas mini ferias de uma semana ou semana e meia,com este casal amigo, por terras do Alentejo e metemos o nariz em tudo!
Tentamos é visitar sempre lugares diferentes, a parte do país que conheço mais mal é mesmo o Algarve.