sexta-feira, outubro 05, 2007

Encontrei o "Bigodes"


O Bigodes era um GATÃO! Daqueles arraçados de tigre, sabem? Saiu um dia de casa para ir às gatas, como fazia sempre e nunca mais voltou.

Hoje encontrei esta imagem na net ... é igualzinho ao meu "bigodes" e isto ajudará a mantê-lo vivo na minha memória eheheh




8 comentários:

Mexicano Portuga disse...

hepá! Cruzei-me com esse gatão há pouco tmepo! Ia na direcção sul acompanhado duma linda gatona.

Tão depressa, não lhe voltas a por a vista em cima ehehehh

cusquinha endiabrada disse...

Bem se vê que sai à dona ... gosta de galderice eheheheh

Se o vir, prometo que lhe digo para voltar para casa, tá?

MissEsfinge disse...

Hummm esse é daqueles gatos que nunca devem ser castrados!
Não deixou descendência???

Bom feriado

Ahlka disse...

Gatão?? com bigodes?..Bahh... havias de ver a 'ferramenta' do meu Atum!
Depois de ver o RX (quando partiu a bacia), a minha filha começou-lhe a chamar o bolinhas ;)))

Ter uma macho não castrado em semi-liberdade, é quase pela certa perdê-lo precocemente.
Espero que nada de mal tenha acontecido ao teu bigodes, sempre tive um fraquinho por gatos tigrados, parecem-me mais felinos... :)

Pascoalita disse...

eheheheh O bigodes tb era avantajado!

Alkinha,

Já foi há mais de 1 ano! Depois dele, já tivemos o malhado que a primeira vez que tirou bilhete até à estrada que fica a cerca de 20 metros de casa, adormeceu lá e nunca mais acordou.

Há quem ache que o "bigodes" foi confundido com um coelho, já que por aqui há mtos caçadores.

Ahlka disse...

Ei lá! Bigodes e 'ferramentado', nem penses em caçador, deve é estar no bem bom num lar que tenha também gatas.

Pensa assim, faz melhor á alma :)
(Para mim a separação de algo querido é sempre cruel, prefiro enganar-me)

Teté disse...

A minha avó teve um Tareco que era parecido a este bigodes.

É giro ele ter os olhos a piscar.

Piscadela de olho para ti também!

Pascoalita disse...

Gostava de saber "animar" imagens :)

Sei que há um progrma para o efeito, mas num sei qual nem como se faz.
Bem, já estou a imaginar a dar vida a tudo o que está meio morto eheheheheh