quinta-feira, agosto 06, 2009

Eu ainda sou do tempo ...


Parafraseando aquele anúncio "... eu ainda sou do tempo em que era assim ..."

Com excepção dos sacos de plástico de transporte de peixe, todos os outros eram lavados, virados do avesso como se fazia às peúgas (mais um hábito que abandonei há muito heheh) e estendidos na corda do meu 6º andar.

E como até era uma menina muito prendada, ainda me dava ao trabalho de os virar para que secassem mais rápido e a seguir eram dobrados e introduzidos no "porta sacos", tipo "manga" bem útil em qualquer despensa, não concordam? Ah! Pois era!!!

E agora? Quem ainda se dá ao trabalho de lavar sacos de plástico? Eu confesso que não o faço há muitos anos! E se dediquei 2 minutos a essa tarefa foi exclusivamente para tirar a foto.

Isto daria vários temas de conversa, começando pela facilidade com que mudamos hábitos, na rapidez com que aderimos ao consumismo, nos consequentes efeitos a nível ambiental, na relação preço-produto se fizermos o paralelo entre adquirir aqueles rolinhos de sacos a metro (hummm bem práticos) e o que acarreta o reaproveitamento dos usados, e por último meditar sobre a forma de travar o flagelo, muito havia a dizer. Mas como o tempo ainda não é elástico e a minha amiga laurita já se sente enjoada porque o arroz doce do post anterior não sai de cima da mesa, por aqui me fico.

Mas gostaria de saber quantas de vós ainda reutiliza os saquinhos de plástico. Vá lá, digam. Mas só aceito a verdade !!!

32 comentários:

MissEsfinge disse...

Xiiii isso não seria voltar ao tempo dos nosos avós?

ahahah lavando sacos de plástico?! Bem se vê que estiveste de férias eheheh

Pascoalita disse...

MissEsfinge,

Não! Só se voltassemos ao tempo da tua, que certamente ainda nem o plástico tinha sido inventado ... quantos séculos estiveste tu a dormir no sarcófago? eheheh

Mas afinal não disseste se reutilizas ou não os saquinhos, hein???

Susana disse...

Pascoatita:

Eu confesso:Lá em casa neste momento tenho poucos sacos de plástico e os que tenho, normalmente passo-os por água, quando estão sujos. Normalmente faço as compras com 2/3 sacos de tecido grandes, para caber lá tudo.

Mas ainda falta voltar a usar os sacos de pano para o pão...mas lá em casa como é o meu marido quem faz o pão, todos os dias,( e tão bem que sabe...) dispensamos o saco...

A mania da reciclagem só começou quando casei...pois o meu homem lá de casa assim instituiu. Agora é uma tarfa , como outra qualquer(da pasta dele, claro).

Pronto, estou despachada da confissão, não é?

Bjs

Susana

Ps: Não sei o que te dizer...com esse destaque todo que fizeste aos meus blogues...assim que puder, também vou dar um graaaaaande destaque ao teu ( mas não prometo já, já, já...este fim de semana vou ter muito que fazer:
preparar os anos do meu filhote mais novo a comemorar em Leiria...tratar de todos os textos, que à última hora enviam... passear um pouco com os meus meninos na praia... bem vamos ver se não fico muito cansada para o dia 10...

Diego disse...

Ca para mim deves ter saudades desses tempos :)

ehehehe


deixa o teu rastinho no meu ;)


besos

Laura disse...

Mim não usa sacos sujos, bota eles no lixo, mim usas sacos dos supermercados para o lixo, já usei e lavei e virava-os do avesso e tudo e punha-os a secar no arame como os teus, tal e qual, comecei a fazer isso em Luanda,depois na áfrica do sul tudo mais modernaço, e compravam-se já rolos de sacos para sandes, para o lixo, o que fosse.
Aqui quando vinha de férias, as tias lavavam tudo até os sacos do peixe que cheiravam que sei lá, às escondidas delas, punha-os a queimar na lareira e prontos...xi, que cheirete...
mas agora? ufa, lixo há sacos de compra e de reciclar...ahh nina, que lembrança, lindo post o arroz ja devia estar a ganhar bolor, ehhhhhh, beijinhos.

Mexicano Tarado disse...

Lavar sacos de plástico? Irra! Deu-te para boa.

Eu estou ansioso que inventem boxers descartáveis ao preço dos sacos de plástico e se for daqueles com musica, tanto melhor

:) :)

Diego disse...

Pois, eu tabem gostava que tivesse sido um pesadelo...
mas foi real...
cheguei á padaria do meu pai, estava tudo negro, felizmente a unica consequençia que houve desta "mini.explosao" do forno, foi ter as paredes negras, os materiais sujos, as camaras de vigilançia estragadas e como é clarooo, um forno para a "basura" --'
mas de resto , esta tudo bem... tudo em funcionamento

Montana disse...

Eu pecadora me confesso, não lavo os sacos de plástico (lembro-me da minha Mãe o fazer). Apenas utilizo os sacos de supermercado para o lixo.Os outros deito fora. É a lei do menor esforço e tenho de facilitar a minha vida de dona de casa/trabalhadora.
Mas o teu post é interessante e havia muito a dizer sobre isso.

Parisiense disse...

Eu. Pois é amiguinha eu ainda utilizo os sacos de plástico que vem com a fruto. E tenho até uma cunhada que fica admirada de eu trazer sempre na carteira sacos de plástico ( tipo Pingo Doce) bem dobradinhos para o caso de ir a algum supermercado buscar qualquer coisa que falte lá em casa.

Nesse aspecto sou écologica, e detesto ver sacos de plastico espalhados por esse país fora na berma das estradas.

Por isso eu ainda sou do tempo......

Beijokitas

Betynha disse...

Bem lembrado! Eu também cheguei a lavar alguns sacos (de fruta e pão) mas desde que inventaram os rolinhos de plástrico picotado, não me dou ao trabalho.

E acredito que fique bem mais barato do que lavá-los :)

Gatinho frenético disse...

Nunca ouviste falar na defesa do PLANETA? Já viste quantas toneladas de plástico se acumulam diariamente?

Lá em casa tudo é reaproveitado e reciclado.

Já imaginaste se estivesses limitada a usar tudo uma única vez?
Temos de contribuir para a limpeza do país e do mundo!!!
Quero ver essas cordas cheias de saquinhos a "danççar" ao vento eheheh

Zé do Cão disse...

Pois o Zé é do tempo em que não havia sacos de plástico, alguidares de plástico, vassouras de plástico e vejam lá até já há pernas e tal e tal em plástico.
Para tomar banho havia um alguidar de zinco enorme, com uma argola para pendurar na parede(ficava a parede cheia entre a porta e a janela), por baixo no fundo era de madeira para dar mais consistência ao dito cujo.

Não me venham com a conversa que não gostam de sacos de plástico. Eu acho giro, mas quando vou de férias e penduras também me acompanham, se levam sacos de plástico corro logo com eles.
Chegar a um hotel e desatar a tirar sacos do continente, do carrefuor, pingo doce, pingo azedo, chiça, tenho vergonha.
E quando de viagem temos um furo e é necessário tirar as tralhas da mala do carro, é só sacos de plástico.
E quando a malta vem da "terrinha" e trás batatas, cebolas, alhos, laranjas, abóboras, coelhos, galinhas e têm um furo, então o espectáculo ainda é maior.
Juro, Eu dou o olho e 3 tostões para ver essas cenas. E quando na viagem há vontade de fazer xi-xi. Homens para a direita mulheres para a esquerda. Vão todos atrás da árvore, mas esta não tem traseira é redonda e se se deita o olhar, alguma coisa sempre brilha...
bj.

Gatinho frenético disse...

Esqueci de dizer que as minhas peúgas ainda são lavadas dos 2 lados, mas aqui para nós, não sei como vai ser quando a minha avó perder o tacto porque a visão já ela perdeu há muito, coitada.

Cusca Endiabrada disse...

Quem dá o olho e 3 vinténs (opps! vinténs era no tempo da minha trizavó ... agora teria de dar no mínimo 3 euritos, penso eu de que ...)para ler as aventuras do Zé do canito eheheh

Fizeste-me lembrar uma cena em que ainda era uma catraia e acompanhei a minha avó à feira de Sta Luzia. O calhambeque e que viajamos era de tal modo confortável, que as velhotas se sentiam mais seguras aninhadas no chão.

Ainda estou a ve-las, cada uma com o seu saco de plástico recheado com a merenda e ao mesmo à mistura com medicamentos a remexerem no dito e as migalhas espalhadas por todo o lado emquanto as crianças, entre elas eu, enjoadas com o cheiro e com os solavancos cada uma agarrada a um saco de plástico não fosse o diabo tecê-las eheheh

Bem, a cena acompanhada da sinfonia dava cá um espectáculo ...

Mas se não me engano, não foi bem este tema que a Pascoalita lançou ihihihi já vou dar de forques

Carlos II disse...

Dizem que até para afastar as moscas, eles são úteis enchendo-os de água e colocados em determinados sítios altos.

O que eu me espanta é a sua utilidade ainda hoje, depois da "era" pós-industrial.

Bom fim-de-semana

Pascoalita disse...

Susana,
menina aplicadinha e organizada :)*
Mas pelos vistos o mérito não é todo teu. O Cara metade foi o mentor eheheh

Na zona onde moro tenho padaria perto e durante uns anos tb usava o saco de pano para o pão, mas maism uma vez aderi ao mais prático e há muito que optei por comprar o pão no supermercado.

Sobre o destaque não tens de dizer nada. Faço sempre as coisas com imenso prazer, só espero que seja de alguma utilidade.

Jinhos

Pascoalita disse...

Diego

Ia dizer-te que nem uma pontinha de saudades desse tempo, mas lembrei de como os meus pimpolhos eram lindos e sim, tenho saudades deles pequenos.

Jinhos a ti

Pascoalita disse...

Laura,

Oran aí está. Quem fala verdade, não merece castigo eheheh

Tal como acontece comigo e se queres saber, não cumpro as regras, já que devia passá-los por água mas nem sempre o faço (só aos do peixe)

Vamos lá a ver: Uma das razões porque separamos o lixo não é para reciclar e assim pouparmos recursos? Ora, se for gastar água a lavar os sacos e tudo o resto como se sugere, além de nos ficar caro, já pensaste quantos litros do precioso líquido se gastava?

jinhos

Pascoalita disse...

Mexicano

Tens andado muito ausente! Agora entendo. Tens estado a aprender a cuidar das peúgas, não? eheheh
jinhos

Diego,

Puxa! Foi um desastre e pêras. Por um lado foi sorte não estar ninguém por perto, mas por outro talvez tivesse sido possível prevenir ou pelo menos minimizar os prejuízos.

Força e garra para ajudares na reparação e boa sorte para recuperarem do prejuízo.

Um beijo

Pascoalita disse...

Outra menina meticulosa. Na próxima encarnação vou esforçar-me por não me deixar estragar a meio da idade. Agora já não vale a pena retroceder ao tempo em que também era assim ahahah

Bem, para ser honesta até meto já meti uma vez ou outra um saquito na carteira com essa intenção, mas uso-o uma vez e nunca mais volta ao lugar.
Sabes quem tem sempre 3 ou 4 sacos grandões no porta-bagagem? O meu hortelão, que desde que entrou em férias prolongadas vai uma vez< por semana às compras eheheh

Menina, ontem pregaste-nos um susto do caraças! Quem papava as sardinhas?

Jinhos

Pascoalita disse...

Bety

Vejo que tb és fã dos "rolinhos eheheh

Por falares em cordas cheias, era mesmo isso. Há uns 15 anos atrás, as minhas 2 cordas ficavam cheias de saquinhos destes.

Pois ... há coisas a que devemos dar o máximo de uso possível e dizem os técnicos que é a forma de se manterem operacionais eheheh

Pascoalita disse...



O plástico está presente em tudo na nossa vida!

Num hotel ainda não assisti, mas bem me lembro de ter cá em casa familiares da província cuja "mala de viagem" era 2 ou 3 sacos de plástico que colocavam no chão do quarto e a meio da noite se precisavam de algo, era um tal "remexe-remexe" que todo o mundo acordava ahahah

Nino, é só alguém abrir a boca e dizer um "ai" que logo serve de mote para desenrolares o novelo das tuas histórias ahahah

Bom fim de semana

Jinhos

Pascoalita disse...

GatinhoFrenético

Ganda preguiçoso! Não aprendas a cuidar delas, não ...


Cusca,

"Fizeste-me lembrar uma cena em que ainda era uma catraia e acompanhei a minha avó à feira de Sta Luzia."

Não pode ter sido assim há tanto tempo, já que continuas essa "gaiata traquinas e endiabrada"

Mas conta aí: Foste à Festa de Santa Luzia onde? Nºão me digas que foste a Viana eheheh

Pascoalita disse...

Olá Carlos :)*

Sim, já me impingiram essa e fui suficientemente tola para fazer a experiência. Mas como é óbvio as moscas não só não fugiram, como se serviram dos sacos como poiso eheh

Tens razão! Já ia sendo tempo do plástico ser substituído por algo mais ecológico.

Bom fim de semana

Jinho

laura disse...

Ehhh sabes onde a dona Elisa tem os sacos d eplástico com água? ehhh no galinheiro para as donas galinhas terem um ar mais confortavel e sem moscas ou mosquitos, acreditas? ele tá lá, ehhh o que me ri a ver aquilo e a minha avó também punha e ainda há muita gente que o faz, é que as moscas vêem-se ao espelho no saco da água e acham-se giras, enfim...

laura disse...

Ahhh Susana o pãozinho é feito naquela maquineta que já amassa o pão? diz lá...

Laura disse...

PESSOAL A PASCOALITA PARECE QUE NÃO TEM PC, OU AVARIOU OU NA CONSEGUE ENTRARA QUI, ASSIM, COMENTEM QUE ELA LÁ VEM POR OUTRA PORTA QUALQUER..BEIJINHOS..

mary90 disse...

Ola Pascoalita.
Lavar sacos de plástico "jamé", eu aproveito os sacos do supermercado para pôr o lixo, um com garrafas de vidro, outro com jornais revista, e outro com tudo o que seja plásticos, é para a reciclagem.
Tenho um cesto de verga com tampa onde guardo os sacos de todas as compras, depois aproveito para o que precisar.
Agora no supermercado são pagos e, já os levo de volta, mas os que ficam sujos de peixe vão para o lixo.
Ontem foi dia de farra:)
Boa semana.
Beijocas.

Pascoalita disse...

Laura,

O meu PC de casa continua "moribundo" por mais uns dias, até que o meu caçula volte do Algarve. É o que dá mexer onde não se deve eheheh

Obrigada por teres deixado aqui o AVISO

Jinhos


Olá Mary90 :)*

No supermercado ou em qq lugar, sempre me recusei pagar sacos com publicidade! Todas as semanas trago vários e também os uso para o lixo. Além disso, compro e utilizo os tais rolos.

Jinho

Dina disse...

Eu confesso que...NÃO!!
Mas devíamos porque o plástico é um atentado ao nosso planeta. Já pensaram que não há forma de o destruir? Pois é...temos que começar a ser mais ecológicos e a reutilizá-los ou então separar o lixo e colocar os plásticos no contentor respectivo para ser reciclado.

Anónimo disse...

a

日月神教-向左使 disse...

AV,無碼,a片免費看,自拍貼圖,伊莉,微風論壇,成人聊天室,成人電影,成人文學,成人貼圖區,成人網站,一葉情貼圖片區,色情漫畫,言情小說,情色論壇,臺灣情色網,色情影片,色情,成人影城,080視訊聊天室,a片,A漫,h漫,麗的色遊戲,同志色教館,AV女優,SEX,咆哮小老鼠,85cc免費影片,正妹牆,ut聊天室,豆豆聊天室,聊天室,情色小說,aio,成人,微風成人,做愛,成人貼圖,18成人,嘟嘟成人網,aio交友愛情館,情色文學,色情小說,色情網站,情色,A片下載,嘟嘟情人色網,成人影片,成人圖片,成人文章,成人小說,成人漫畫,視訊聊天室,性愛,性感影片,正妹,聊天室,
情色論壇