quinta-feira, janeiro 01, 2009

A minha Aldeia

Foi nesta aldeia beirã que a desajeitada cegonha que fazia o voo entre Paris/Lisboa me largou, desamparada, mal avistou solo português há mais de meio século!

Se foi acometida de súbido ataque de alergia ao local ou se simplesmente foi vítima de uma fisgada da garotada local nunca se chegou a apurar, só sei que aterrei ali, exactamente naquele casebre sinalizado com um círculo rosa e ali vivi a minha infância e parte da adolescência.

Sem me mover a menor saudade, apenas porque transitava na zona, parei para fotografar o local.


(Clica na imagem para ampliar)


30 comentários:

mary90 disse...

Olá Pascoalita.
Desde o ano passado que não te visitava!
Ai ui ai ui,o esqueleto está a reclamar, a farra acabou depois das 5 da manhã, foi uma maravilha entrar o ano com tanta animação.
A tua casita está um pouco afastada, mas a nossa terra acaba por ser sempre aquela onde vivemos.
Vejo que não es saudosista.
Bom Ano!
Beijocas

Teté disse...

Recordo algumas histórias da minha infância e adolescência, mas também não me "movo" a saudade.

A Vida parece-me dever ser "saboreada" no presente... às vezes, também chorada! Faz parte!

Nunca tirei uma fotografia da casa onde vivi os meus primeiros anos de vida (mudei para outra aos 13), embora fique aqui tão perto que de vez em quando passo por ela...

Passou, é passado, há que seguir em frente!

Beijocas, nina!

marius70 disse...

... E entraste pela chaminé???

Como a casa é isolada deve ter desorientado a pobre da cegonha que se calhar nem esperou que lhe abrissem a porta, amandou-te mesmo do ar!

:))

Mas olha que o local até é lindo (digo eu que estou a ver o local à distância, mas para quem lá nasceu pode não ter a mesma opinião). Deves ter subido e descido aquelas encostas vezes sem fim.

Claro, que o melhor local é aquele onde nos sentimos bem e o facto de se ter nascido em determinada localidade não faz com que as saudades sejam uma constante. Tanto se nasce na serrania como numa cidade, como atrás de uns calhaus. Depende sempre dos caminhos que uma cegonha escolhe para depositar o que traz no bico.

:)


Tudo de bom e Bom Ano!

Pascoalita disse...

Olá Mary90 :))

Feliz 2009 também para ti.

A nina africana que é amante da dança (ou não fosse ela de sangue quente eheheh) diz que precisa dela como de água ou comida para viver) pode ficar com o esqueleto torcido mas o espírito, esse fica leve como uma pena ahahahah

Menina, bem ouvi, noite dentro, os aplausos ao par mais catita do baile eheheh

Bom Ano de 2009 para vós

jinhos

Pascoalita disse...

Ah!
Esqueci de dizer que sou bem mais saudosista do que gostaria, mas felizmente tenho a capacidade de "apagar" da memória o que não me faz bem recordar.

Pascoalita disse...

Teté,

Claro, o caminho é em frente ... o passado persegue-nos apenas até onde nós permitimos.

Excelente 2009, menina :)*

jinho

Pascoalita disse...

Olá Marius70

Naquele tempo a casa ainda nem tinha chaminé eheheh

Cá pra mim, a cegonha viu passarinho novo e ficou tão fascinada que esqueceu a tarefa de que tinha sido incumbida.

Palmilhei aquelas encontas vezes sem conta, mas o que melhor recordo é a buscas das pinhas e a procura de míscaros eheheh

Bom Ano Novo para ti e tua linda família, meu Amigo :)*

jinho grande

Kim disse...

Tal foi o trauma que a terra nem tem nome.
Percebo perfeitamente e ... às vezes - há razões que a razão desconhece.
E foi no Domingo de Páscoa(lita)?

Diabinha Cusca disse...

Hummm cá pra mim vinhas tão enfazadita que a cegonha achou que te faria bem o ar da serra eheheh

Pascoalita disse...

Kim,

O nome da localidade, Freches, aparece no nome do ficheiro.

Parisiense disse...

Pois a cegonha a mim largou-me á beira mar numa linda cidade Angolana......
E pelo que pude sentoir as saudades não são lá muitas da tua terra natal?????ou é só impressão minha??????

Entramos em 2009, vamos lá a SORRIR e a pensar em coisasa boas.

Beijokitas grandes, linda.

Pascoalita disse...

Sinto uma aversão doentia que bem gostaria de substituir por outro sentimento ... saudades, seria melhor opção.

Apenas ali tenho um irmão que já não vejo há 3 anos. No Concelho mora a minha única irmã que também vejo raramente.

É passagem obrigatória sempre vou à terra do meu hortelão, mas há muito que não entro na aldeia.

Roderick disse...

Deve ser um sítio optimo para colocar a cabeça fresca.
Para descansar da confusão da cidade não há melhor.
Se bem que eu não vivo nem trabalho na cidade, mas... tudo bem!

PreDatado disse...

Até que parece um local giro. Não tem nome?

Carlos II disse...

Está bem Freches. Mas onde é que isso fica!? Pois. É nas Beiras. Altas ou Baixas. É só para saber se já lá estive.
Houve uma altura que andava à procura dessas aldeias. Andei perdido por montes e vales e estradas manhosas. Encontrei gente muito fixe.

Um grande Ano de 2009

Pascoalita disse...

CarlosII e Pre-datado

Apetece dizer que fica atrás do sol posto, onde judas perdeu as botas, mas vá lá ...

Beira Alta, distrito da Guarda, Concelho de Trancoso :) pertinho de Celorico da Beira, terra do bom queijo da serra eheheh

Henrique ANTUNES FERREIRA disse...

Olá Pascoalita!

Entrado este 2009 de má cara, volto ao teu blogue com os desejos de que, apesar de tudo, os 365 dias que já começaram a correr sejam os melhores possíveis. Continuarei a visitar-te, dentro, claro, das minhas possibilidades que não são muitas. Por isso, sigo-te e espero que faças o mesmo comigo. Muito obrigado

Qjs Abs
«««««»»»»
Este é um texto standard para poder chegar a todos os Amigos. Peço que o aceites.

Anónimo disse...

Tou cá....

Empantorrada,até aqui foi pra cá,agora só chá....vou ficar chalada,tb essa á a minha condição..

QUE RICA CEGONHA!
Largou uma obra de arte...

um xi-coração;pandora_box

Ahlka disse...

Deixa lá que a minha cegonha ainda vinha mais 'ganzada' do que a tua.
Largou-me num pinhasco, onde só existiam 3 casas...Um pouquinho mais à esquerda e ficava inglesa, um bocadinho mais à direita e ficava alemã. Como no meio está a virtude, fiquei portuguesa.
Nasci lá, com a ajuda duma parteira que visitava os lugares mais desterrados numa ambulância, mas o lugar não consta do mapa nem do meu BI :)
Apesar de nunca la ter vivido, fui visitar o local há uns anos atrás, e gostava de lá voltar um dia.
E imagino que, bem lá no fundo, Freches também ocupe uns 'bytezitos' do teu coração.

PS. O que é que o mê 'Atum' tá a fazer junto do PreDatado? ;)

PS2. Um BOM Ano 2009 para ti :)*

daniel milagre disse...

Pascoalita

Ambas a ilustrações têm encantos. Há muita gente a suspirar pela Santa terrinha, mas tal como eu gosta muito da seta que indica a saída. Fica apenas a uma hora de viagem e à vista do mar, com praias, por perto.
Prende apenas a família.
Daniel

Anónimo disse...

Estava tramada se fosse saudosista,andei toda a minha vida de mochila às costas,imitei na íntegra o ATLAS,e nunca me senti insatisfeita..
O raio da cegonha tb despejou uma rica peça..deixa lá

um grande abraço pra ti..srs
pandora_box

Espaço do João disse...

Estou muito contente, fui eu que dei a fisgada na cegonha. Então ela não queria voar para mais longe? Depois como era? Teriamos que andar á procura? Não, comigo nem as cegonhas brincam. Felicidades para 2009.

Pascoalita disse...

Henrique A. Fernandes

Pelos vistos, somos quase onterrâneos?!?

Obrigada pelos desejos do Bom Ano. Desejo o mesmo para todos.

Já fiz uma visita ao seu espaço e gostei do que vi e li. O tempo é que é cada vez mais curto.

Tudo de bom

Pascoalita disse...

Ahlkinha

Hummm tenho saudades do padre eduardo, apesar das petas que me ensinou eheheh

A cópia do teu ATUM parece bem cuidado pelo PreDatado.

Vou tentar portar-me melhor este ano eheheh

Pascoalita disse...

Pandora-Box

Para quando um perfil com foto e tudo?

Calhar foi um gesto consciente da cegonha ... sabia bem a prenda que levava ahahah

Bom Ano menina




Daniel

"Gosto da seta que indica a saída" gosto dessa afirmação eheheh

Por vezes sinto-me culpada por não sentir o tal entusiasmo pela santa terrinha, mas que posso fazer?

Pascoalita disse...

João

Então foste tu? Ganda maroto! Não me digas que em confundiste com a cusca endiabrada eheheh

Bom Ano também

Grilinha disse...

Foste passear.

Recebi a tua sms quando passavas perto da minha casa em Alpedrinha

Deves ter apanhado muito frio.
Eu congelava por aquelas bandas.

beijinhos e Bom Ano

L.S. Alves disse...

Pascoalita obrigado por mostrar a casa da sua infância. Pela foto este deve ser um lugar deveras tranquilo. Deve ser bom pra descançar.
Beijos moça.

russo disse...

ola pascoalita talvez fosse a mesma cegonha que me levou tambem a mim eu foi mesmo ao lado que me largo rua do soito ou rua da estrela deves conhecher com eu
eu tambem tenho saudades do fogo de natal no adro era unico mas infelismente tudo acaba menos a saudade da nossa aldeia que nos viu nascer crescer as saudades sao muitas pois o presente e o futuro um dia sera passado....A minha aldeia.... muito obrigado a todos e felicidades

Pascoalita disse...

Olá russo :)* Pois seria a mesma cegonha ou alguma tão ou mais descuidada eheheh

Quer dizer que fomos vizinhos, não? Que emocionante!

Obrigada pelo comentário e se voltares a passar por cá, deixa o teu endereço electrónico ou outro contacto, ok?
Bjinho