quinta-feira, setembro 13, 2007

Guerra às pulgas !!!


Tem sido uma semana infernal cá em casa e tudo por culpa destes minúsculos animais!!! Bem, a culpa não será das pulgas, mas do animal homem, como já é habitual.

Em frente à minha casa há um terreno que já foi de cultivo, onde hexistem uns velhos barracões que o dono vem mantendo como depósito de ferro velho. Até Domingo passado, mantinha-se também ali um canil sem as menores condições, onde se abrigavam 2 ou 3 cães, passando as noites a uivar, causando algum incómodo à visinhança.

O primeiro sinal de alarme foi dado pelo meu filho mais novo na noite de Terça Feira passada. Apareceu-me de tapete do quarto na mão, queixando-se que o 1º andar estava "infestado de pulgas" convencido de que teriam sido libertadas pela minha cadelita Nikita ou pelos gatos cá de casa!!! No dia seguinte, já admitia que as pulgas vinham da rua, porque um vizinho se queixara de que passara em frente à minha casa e fora "atacado" .

No dia seguinte, quando o meu marido aguardava a chegada do autocarro na paragem, a cerca de 20 metros de casa, num primeiro instante julgou ter pisado um formigueiro, percebendo logo depois tratar-se duma enorme núvem de minúsculas pulgas!

A minha entrada em casa nos últimos 2 dias era digna de ser filmada eheheheh Ontem vestia calças de cor bege e embora tenha caminhado em passo apressado, o mais próximo possível do meu muro, quando cheguei ao portão carregava milhares de "pintinhas luzidias e saltitantes", tendo optado por me despir ali mesmo e entrar em casa apenas de cuecas eheheheh
Tem sido uma caça à pulga que nem vos conto! O interior da casa e as varandas têm sido diariamente espiolhadas, enquanto o quintal e a rua em frente são pulverizadas por nós com PECASUNOL, os animais apesar de tratados mantêm-se infestados de pulgas "meio bêbedas" e há cadáveres delas por todo o lado, para já não falar na consequente "coceira psicológica".

O João fez as malas e foi passar o fim de semana a Peniche ... diz que só volta quando o caminho estiver livre ahahahah
Hoje acreditamos que na origem disto está o tal canil onde provavelmente terão ficado milhares de ovos, e na ausência dos animais que lhes serviam de fonte de alimento, espalham-se e tentam a sobrevivência agarrando-se aos "animais" que passam por perto eheheheh

Já avisei um Funcionário da Câmara que no local confirmou o facto, tendo sido brindado com uma boa centena destas "saltitonas" que o seguiram agarradas à própria roupa.


27 comentários:

Laura disse...

Xiça penico, este fim de semana nem viou a Lisboa, com que então pulgências por todo o lado? arre mana gostava de te evr em cuecas fora de casa. nunca vi praga maior do que a que estás a dizer.Será que falas verdade? mas a camara devia vir logo com homens com fatos macacos cheios de máscaras e gases e acabar com aquilo tudo..ehhhhh...
Nem acredito, mas...pelo sim pelo não, em lisboa não me apanham.

Pascoalita disse...

Juro que é verdade, laurinha! E nem sequer exagerei. Cheguei há pouco das compras e o meu hortelão anda, pela 3ª vez hoje, a passar mangueiradas de água à volta do muro, junto aos portões para evitar que elas saltem para o nosso quintal.

Agora começou a chover e talvez ajude a eliminar a praga, mas enqto não o canil não for pulverizada com um produto adequado, duvido que resulte. Trata-se duma zona em terra, onde apenas ficou um estrado em madeira vedado por canas ou arbustos ... tinha um telheiro em chapa de zingo que foi retirado.
Juro que anteontem nas minhas calças havia centenas delas!!! São minúsculas e mais lentas a saltar que normalmente.

Se não acreditas em mim, a belinha que te conte, pois tb foi presenteada com plo menos uma que fez questão de me acompanhar até à capital eheheh

Pascoalita disse...

Os meus gatos e a Nikita estão tratados com FRONTLINE e msm assim, estou farta de lhes retirar pulgas à mão.

Betynha disse...

Bem sei que a laurinha se fartou de ralhar que tirasses os gatos daí, mas tb não era preciso inventares uma história tão macabra!!!
Onde é que já se viu pulgas voadoras ou em asa delta???
Juro que nunca vi eheheh

Teté disse...

Deixa estar Pascoalita, que eu acredito em ti.

Vi algo muito semelhante estas férias, na casa onde estava, só que não eram pulgas, eram umas mosquinhas minúsculas, que provinham de uma lagoa ou ribeira ali perto, que não sei porquê eram atraídas pelas lâmpadas. Quando demos conta, tínhamos o tecto pejado daquela mosquitada toda e eram centenas... É uma sensação horrorosa! E sim, ao ler-te estou farta de me coçar, ainda por cima com a recordação recente.

Mas suponho que sim, a Câmara deve ter de tomar providências...

Morte ao pulguedo, JÁ!

Jinhos

Mizé disse...

d

Pascoalita disse...

Nada disso, Betynha!

A verdade é que até era minha intenção colocar aqui um post novo e já tinha decidido o tema, mas isto é a realidade!
Bem ... de facto as pulgas não vêm do ar como parece nas imagens, mas pelo contrário trepam pelas pernas acima. Eu e o meu manel já sentimos pulgas no corpo todo eheheh

Laura disse...

ehhh não sabia que pulgas te acompanharam até à capital, só visto, devias ter chamado o repórter da Sic, e devias chamar a sic também ao local para verem que a camara já devia ter enviado socorro para vós e morte às pulgas...
Arre mana, devia ter graça a beli a coçar-se toda...

Laura disse...

Mana mete-as em frascos e faz criação delas durante um tempo e depois bota tudo na gaveta da secretária de quem eu cá sei..ehhhh o Gilinho que o diga...

Pascoalita disse...

teté,
Brigada por acreditares em mim, acho que consegues imaginar a cena. Há pouco choviscou e viam-se as minúsculas pulgas a saltar na água, mas não o suficiente para morrerem ... é frequente deitá-las no cano do lavatório e após grandes quantidades de água em cima voltarem à superficie. São diabólicas!

Um meu vizinho tem andado a pulverizar a zona à frente da sua casa, mas é de opinião que será necessário tratar uma grande área para resolver o problema definitivamente.

Já houve uma altura em que por aqui apareceram uns insectos estranhos, tipo libelinhas em miniatura, que se agarravam ao tecto e giravam à volta das lâmpadas, mas não nos picavam.
Também há uns anos atrás esta zona era muito atrita a melgas, mas nos últimos anos não tem havido

Pascoalita disse...

Laurita, a belinha na Quarta Feira, qdo ia para casa no metro, sentiu comichão, qdo chegou a casa estava cheia de "babas" e encontrou uma bem gorda!

Claro que a podia ter apanhado nos transportes, mas era coincidência. Só no dia seguinte, qdo eu encontrei outra e lhe falei do ocorrido, ela me contou eheheheh

Jotabê disse...

chiça!!

ele são ratos a norte, pulgas no centro, o que será que nos vai aparecer no sul?!

8|

bj

Laura disse...

cheia de babas? que é isso? pula morde e faz sangue, mas babas, ou as pulgas andavam de babete?

Laura disse...

Jotinha, no sul vai ser uma praga de peixes voadores...

Laura disse...

Bom dia, laurinha chegando a terras do território da pascoalita, de máscara, luvas e fato branco daqueles que usam os que vão investigar se o antrax é mesmo pó de talco...
traz com ela um aparelho de sulfatar com uma carga feita por ela, explosiva claro. Juntou as bufas do shaka que anda a anti inflamatório, uma mistura da capoeira das galinhas da mãe, fou buscar um kilo de cal do alentejo, pediu água à pascoalita, borrifou aquilo tudo e quem mais por ali passava e o local já num tem viva alma, antes pelo contrário, já lá está a casota levantada e os romenos ja se estão a instalar lá..por isso pascoalita fazer alarde das pulgas não só foi uma má ideia como cativou a malta a ir viver para lá, e a laurinha já deixou metade da quintarola comprada... dá para a janela do quarto dos rapazes, que depois pouco vão parar em casa quando ela começar a cantar á maneira...

Laura disse...

Já lá fui comprar a parte onde estavam instalados os que nem pediram licença..quero aquilo tudo para termos ali uma coisa à maneira..casa de chá mas com cadeiras de lona lá fora, redes pá preguicite (pagam-se há hora claro,senão os teus vizinhos nem saiam dali (por falar em redes ainda nem te lembraste de por lá uma..) a neide trouxe do brasil uma...continuando, hará escola de pintura, artesanato, ensinar o pessoal a fazer coisas e loisas, e depois apareces por lá e...

Mustafa Şenalp disse...

çok güzel bir site.

Adrianna disse...

Meditando no que disse o Jotinha, não é pra sul que os "chatos" costumam atacar? Livra!!!

Pascoalita disse...

Laurita,

Tu brincas pq tás longe.

A invasão já alastrou ao interior do quintal. Corremos para os carros e msm assim levamos sempre algumas agarradas às pernas. O meu hortelão pulveriza ou molha a zona, a nikita está proibida de sair à rua e msm assim não exterminamos este maltido pulguedo!
Estou desejando que chegue Segunda Feira a ver se alguém da Junta de Freguesia controla a situação.
Podem pensar que se trata daquele tipo de "pulgão" que geralmente se encontra nas ervas, mas não é isso ... são msm pulgas. Mas que praga!!!

SILÊNCIO CULPADO disse...

Dava vontade de rir se não desse vontade de chorar. Revela o país que temos e o nosso estádio de evolução.Pobres animais do canil que devem estar quase consumidos com tanto parasita. Há ampolas e comprimidos que previnem essas situações e que também actuam sobre outros parasitas domésticos. Pobre Pascoalita. Dito assim é engraçado mas imagino o que estás a passar e a tua família.
Olha um abraço e espero que quando voltar a visitar-te tenha aqui a indicação de que já não há pulgas.

Laura disse...

Ó mana, eu apenas quero levantar a moral e não gozar contigo.livra...ainda me vens visitar de propósito com elas cozidas à saia e depois?...
Realmente é o país que temos, mas deviam ter actuado logo na hora que tu deste por elas e ficaste assim..Eu na te disse que a Sic por vezes faz coisas boas? ora diz lá se não devias telefonar..e achas que a camara amanhã vai resolver? chegam ao local esqueceram-se da seringa pa dar uma injecção a cada uma das milhentas de pulguinhas, vais ver...

Pascoalita disse...

Mas qdo começou a infestação, ninguém sabia a causa! Só depois reparei que o tal canil estava vazio e deduzi que viessem dali.
Inicialmente pensávamos que as tinhamos apanhado no tal passeio que demos ao monte no domingo passado, devido a termos passado perto duma quinta onde havia vários cães (contei pelo menos 8!).

Entretanto meteu-se o fds e suponho que em breve, talvez amanhã, apareça alguém para fazer algo (nem sei qual o produto adequado nem que quantidade usar).

Bem, amanhã vou ter de vestir roupa bem clara ... correr para a paragem do autocarro e espiolhar-me bem toda antes de entrar, de contrário ...
eheheheheheheh eheheheheheh

Laura disse...

Adorava que fosses cheiaa de pulgas e que as pegasses áquela gente toda e entre elas o presidente da camara, mal chegasses a casa (se não te fizessem abandonar o autocarro ehhh) já estaria tudo de papo pró ar...

Pascoalita disse...

Bom dia! Apesar de já haver post mais recente, este tema mantem-se actual eheheh

Corri o mais que pude até à paragem e apanhei apenas 9 pulgas, às quais "apertei o papo" uma a uma antes de chegar o bus eheheh

Pascoalita disse...

Laurita, respondendo à pergunta que colocaste em cima ...

Ontem liguei à junta de freguesia, mas qdo cheguei ao fim da tarde tudo continuava "igualinho" !!!

Toquei a campaínha e o mê manel veio recolher a minha mala e trouxe-me uma escova antes de entrar o portão.
Não me despi, mas escovei-me de lés a lés eheheh

Pascoalita disse...

Uma curiosidade ...

Ao meu lado mora um senhor que está semi-acamado há 3 anos. A casa foi recentemente restaurada pela filha que mora em Lisboa e só ali passa os fds e férias, sendo hábito cruzar-me com uma senhora da aldeia que cuida da casa.

Ontem, lamentava-se:

"Veja lá, não há aqui animais, eles nem têm cá estado e sala está cheia de pulgas! Até deixei um papel a alertar a senhora"

Qdo eu lhe expliquei o que se passava é que percebeu que tinha sido ela própria que ao recolher a carpete que teve a arejar, as levou para o interior da habitação hahahahahahahahahahah
eu sei que não é pra rir, mas eheheheheheheheh

Pascoalita disse...

Minha nossa!

Não tencionava aqui voltar, mas não vou impestar de "PULGAS" a casita que coloquei para a laurinha no post mais recente.

Qdo cheguei a casa soube que hoje tinham andado 2 homens a pulverizar o tal sítio que serviu de canil e parte da minha rua.

Um dos homens terá comentado com a visinhança que a junta tinha gasto 25€ !!!
Acontece que continua a haver pulgas na rua e na paragem do autocarro, embora em menor quantidade.

Não tenho certeza que a origem seja o canil, mas a verdade é que a situação arrastou-se durante 10 dias e é provável que tenha alastrado, ou então demoram a morrer ... isto é que vai uma crise ahahhaahh