quinta-feira, setembro 08, 2011

Feijão "Perolinha"

Sou fã desta leguminosa que conheço desde criança pelo nome de "feijão perolinha" e sempre estranhei que fazendo parte da alimentação diária no interior do país, nomeadamente nas Beiras, é praticamente desconhecida no meio urbano, onde nunca a encontrei à venda.

Após breve pesquisa, descobri que no Brasil é conhecido por "feijão-caupi" ou "feijão-corda", entre outros nomes. Parece-me uma variante do vulgar "feijão frade", daí que também lhe chamem "feijão fradinho".

Este ano convenci o meu "hortelão" a semear alguns grãos no quintal e chegou a altura de apresentar o resultado da experiência.

Em tempo de crise há que explorar todos os recursos e está previsto o aumento de produção na próxima colheita ... pelo andar da carruagem, ainda alugo uma banca na "Feira da Malveira" eheheheh



12 comentários:

Maria disse...

Pascoalita
Gosto de todos os feijões, menos de feijão frade.
Investe nos outros e, quando montares a banca na Feira da Malveira, estarei na 1ª fila. É perto de mim.
Beijinho
Maria

Pascoalita disse...

Oh! Não gostas de "feijão frade", mas o "perolinha" é apenas um "parente afastado" ...

O meu hortelão também cultiva outros legumes e quando montar tenda, vais poder escolherm eheheh

jinho

Espaço do João disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Espaço do João disse...

Há pois!
Juntos fazemos uma grande barraca na Malveira.Tu com o feijão perolina e eu com os araçás.
Envia-me tua direcção por e-mail e eu envio-te alguns para provares e semeares. Dão-se bem no país.
Se não demorares, ainda restam alguns.
Um beijo de F&J

Teté disse...

Olha, não conheço, mas também sou apreciadora de feijões. Portanto quando montares banca na feira da Malveira avisa, que vou lá para finalmente provar essa especialidade! :)))

Jinhos para ti!

ps - e isso de ter uma horta nos dias que correm também me parece muito útil, ainda no outro dia a minha irmã comentava o mesmo, com pena de não ter um quintalzinho à mão... de semear! :D

xistosa - (josé torres) disse...

Vivi 11 anos em Castelo Branco.
Só ao pequeno almoço é que não havia feijão frade ou feijão fradinho.
Hoje, só muito raramente, com uns carapuzinhos passados por farinha milha e depois fritos...
(Faz mal comer fritos? Penso que só quando não prestam - rsrsrs).
Vou-me embora que estou a salivar (pelos jaquinzinhos, é claro!)
Uma boa semana.

Zé do Cão disse...

Eu também monta barraca para venda de Lentilhas.

Sou fã das Lentilhas. Como cada "pratalhada" que nem fazem ideia, com um naco de toucinho de porco ibérico de 10 cm de altura, sem carne para molhar pão à vontade, acompanhado com um copo de vinho tinto de Borba ou Reguengos, fico consolado por 3 dias.
Toda a gente me diz que comer assim toucinho faz mal. Que se lixe, com a idade aque tenho se morrer por isso ao menos vou consolado.
Viva a boa vida, viva os paladares antigos, viva aqueles cachos de uvas de 1,5Kg que frescas comemos acompanhando com pão e dã um almoço.
Também dá outra coisa que por vergonha não digo agora. Estou farto destas trampas que não valem nada e não tem gosto nenhum.
biquinhos, minha Joia amiga

José María Souza Costa disse...

CONVITE

Primeiro, eu vim ler o seu blogue.
Agora, estou lhe convidando a visitar o meu, e se possivel seguirmos juntos por eles. O meu blogue, é muito simples. Mas, leve e dinamico. palpitamos sobre quase tudo, diversificamos as idéias. mas, o que vale mesmo, é a amizade que fizermos.
Estarei grato, esperando VOCÊ, lá.
Abraços do
http://josemariacostaescreveu.blogspot.com

Parisiense disse...

Tu e as hortas....ora passas da virtual para a natural....ehehehh

Adorei ter-te visto....agora até Outubro.
Beijokitas

Pascoalita disse...

Parisiense,

De que queres tu que eu fale, se não saio da toca?

Mas fica atenta ao próximo tema que decerto será do teu agrado ... acho que é mesmo à tua medida ahahah

bjitos

Laura disse...

Ahhh, só tu..e enquanto houver por ai um hortelão, o feijãozito não vai faltar..

Bonito o passeio aos Açores..

um xiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiii

laura

Laura disse...

Zézito; adoro pão com um belo cacho de uvas...se foram boas, tá claro..

beijinhos


laura