domingo, setembro 27, 2009

Alcainça em festa (parte II)


Finalmente tive oportunidade de visitar a Igreja Matriz de Alcainça, uma bonita obra do século XVII com muito interesse histórico que devido aos frequentes actos de vandalismo que ocorrem por todo o país, se encontra sempre encerrada, mantendo-se aberta apenas enquanto decorrem as cerimónias religiosas.





A capela do Espírito Santo, com o bonito portal manuelino, fica situada a escassos metros da igreja e pela mesma razão também se mantém sempre fechada.






Estava de passagem, após ter exercido o meu direito de voto e fiz um desvio passando no largo da igreja, onde algumas dezenas de pessoas se reuniam para assistir à missa, que hoje foi campal, dado que a pequena igreja em dias de festa se revela insuficiente para albergar todos os fieis.

No interior da igreja, enquanto decorriam os últimos preparativos para a cerimónia, captei algumas imagens. Não havia tempo a perder, pois a porta ficaria fechada.


















15 comentários:

Susana disse...

Olá amiga! Com que então agora passaste a ser uma guia turística? Olha que te assenta muito bem!
A questão do vandalismo das Igrejas é um grande problema...logo a única forma de evitar é mante-las fechadas...Estive há pouco em Idanha, visitar a capela de Nossa Senhora de Almortão, onde disseram que roubaram lá talha dourada. Agora a talha está pintada com tinta dourada...não é a mesma coisa...


Amiga: Tenho andado um pouco desaparecida, mas por razões de trabalho...espero que a Lenita, que é agora quem está a cuidar da Aldeia da minha vida, esteja a tratar-te bem!(asiim que puder, venho visitar-te. (Amanhã vou para Piódão. Queres alguma coisa de lá?

Bjs Susana

Susana disse...

Ps:Relembro que falta um dia para acabar as votações da blogagem dos vinhos e vindimas...

Bjs

Parisiense disse...

Pois eu também tive festa este fim de semana, mas aqui não há santos, é mesmo a festa das colheitas.

Mas essa pia baptismal parece linda.

Beijokitas

Pascoalita disse...

Olá, Susana :)*

É uma pena. Até há pouco tempo, uma placa da câmara, à entrada da aldeia, fazia referência à igreja e convidava a uma visita. Agora até os habitantes têm o acesso condicionado.

A Aldeia continua ponto de passagem obrigatório e só tenho pena que o acesso seja um pouco lento, sobretudo lá no meu p.T., pois sempre se arranja um tempinho para dar uma espiadinha, nem que seja à hora de almoço.

Xiiiiii nem me falaes em Piódão que me ia dando o fanico a descer a serra eheheh

Mas têm lá uns licores bem bons (comprei de castanha e pêssego) e também comprei algumas miniaturas de casinhas de xisto.

Jinhos

Pascoalita disse...

Parisiense

Há um SANTO, sim! E bem o vi rodeado de "devotos" nas fotos que mandaste eheheh

Essa tua zona deve ser muito bonita. Estou a ver que a se não meter pés a caminho sozinha, nunca mais é Sábado eheheh

jinho
jinhos

Laura disse...

Olá nina, ai Igrejas e mais Igrejas temos pelo País fora, uma slindas e cuidadas outras a cair de velhas e sem conserto...e dá pena abandonarem coisas tão antigas e lindas..
Beijinhos.

Pascoalita disse...

Laura,

Há coisas lindíssimas por esse mundo fora. Mas é quase impossível suportar as despesas de manutenção. Hoje a mão de obra é cara, já não estamos no tempo em que se trabalhava em troca da "bucha"

jinhos

Helena Teixeira disse...

Olá,Pascoalita!
Essa igreja é muito linda,cheia de pormenores e minuciosamente trabalhada.Os azulejos adoro.
Olha,menina Pascoalita,não encontro o seu texto da Blogagem de Outubro.Para que mail mandou?
Ou então,mande de novo para aminhaldeia@sapo.pt

Jocas gordas
Lena

Susana disse...

Pascoalita: Obrigada pela tua participação na Aldeia da minha vida! Fiquei com vontade de ir experimentar o vinho do teu quintal(embora não aprecie muito...).A decisão do Júri vai sair esta tarde...

Regressei ontem de Piódão e a estrada já está melhor. Alargaram e tem piso novo. Por isso já não custa tanto ir lá(se não mnão conseguia ir lá...sozinha com a outra Susanita...). Experimenámos os licores: gostei especialmente o de pêssego. Mas a mehor parte conto-te depois na Aldeia da minha vida. Até logo!
Bjs Susana

mary90 disse...

Olá Pascoalita.
Tantas festas e eu com tão pouco tempo para elas.:)
Quando é que chega a nossa reforma para irmos a todas as festas.É que a minha agenda está cheia, não tenho tempo livre para mais nada.
A igreja é muito bonita, eu gosto muito de as visitar e, tenho encontrado algumas com altares maravilhosos, muito trabalhados.
Tudo de bom!
BEijocas

Ahlka disse...

Entre ir votar e ir à missa, venha o diabo e escolha... :S
Eu cá, dispenso uma e outra, mas como sou bem mandada, segui o teu conselho e fui votar ;)
Bjito *

Susana disse...

Olá Pascoalita!

Vim para te dar um beijinho. Gostei da tua presença, a propósito da Cabeça!

Bjs Susana

O Profeta disse...

...Às vezes uma intensa alucinação
Em que viajas pelo meu eu
Às vezes o mundo fica em espera
Da união do mar com o céu

Onde param os teus anseios
Onde encontras a sublime calma
Nestes dias de dura tormenta
Onde aqueces a tua alma?

Voa comigo...


Mágico beijo

Helena Teixeira disse...

Olá Pascoalita!
Vim dar um Olá e dizer que a agenda da postagem dos textos já está na Aldeia.
Bom fim-de-semana!
Jocas gordas
Lena

M@ disse...

Também vou participar no concurso.
Desejo um bom fim de semana.
Manuela