terça-feira, fevereiro 19, 2008

Por terras beirãs

Meda



Desloquei-me recentemente a esta pequena e jovem cidade da Beira Alta e acompanhada de alguns familiares, aproveitámos para caminhar a pé pelas ruas, visitámos o recinto da feira e observámos alguns recantos locais.

Um pequeno pormenor chamou a minha atenção, levando-me a estabelecer um certo e inevitável paralelismo com as grandes cidades!

As ruas encontram-se impecavelmente limpas e no entanto são raros ou quase inexistentes os recipientes de rua próprios para depositar lixo!


Durante mais de 3 horas tentei em vão localizar um pequeno caixote tanto na rua como no interior dos vários estabelecimentos onde fui entrando, tendo-me visto obrigada a manter na mão ou "armazenar" no interior do bolso alguns papeis de que me queria libertar.

Foi com um certo alívio e entusiásticas gargalhadas com aplausos à mistura que finalmente avistámos este pequeno caixote, tão limpo e cuidadosamente forrado que o achei merecedor de lugar de destaque.

Localização

"A freguesia da Meda é a sede do concelho do mesmo nome, pertencente ao distrito da Guarda e à diocese de Lamego. É uma vila antiga, com origens que se perdem no tempo, situada a cerca de 670 metros de altitude, num magnífico planalto onde a Beira termina e o Douro se anuncia, fronteiro às terras de Riba Côa e de onde se vislumbram as cumeadas da Estrela."


12 comentários:

Parisiense disse...

Lindo passeio.....estou a ver que a menina tem andado muito saida....hihihihih.....
E já agora sujou o caixote do lixo ou deixo-o intacto como o encontrou....ahhahahahahah?????

Pascoalita disse...

ahahaah lá deixei o que carreguei toda a manhã na mão e/ou no bolso ... uns papeluxos que não me atevi a deixar no chão, tal a limpeza da zona.

Mas não consegui evitar de me questionar o que faz aquela gente ao lixo se é que é o produz, né?

Não há dúvida de que os puluidores da natureza se concentram nas grandes cidades eheheheh

Mexicano Portuga disse...

Zona da Beira Transmontana agreste e bonita eheheh

Mas é verdade, as carradas de toneladas de lixo são produzidas nos grandes meios urbanos ... no resto do país inda é quase tudo é renovável.

Laura disse...

Nina, nada conheço dai, mas tenho uma familia muito amiga na Meda e nunca consegui lá ir, dizem que a estrada é do pior que há e daqui lá são horas de autêntica tortura pela estrada...será? ah quem me dera abraçar aquela familia os Falhas, Sobral falhas...

Pascoalita disse...

Laurita,

Há uns anos atrás, as estradas eram péssimas, mas estão agora mto melhores. Há anos, qdo aí fui a um casamento de que na altura te falei, seguimos daí para lá sempre por estradas razoáveis.

Pena não me teres falado nisso antes ... durante 3 horas que por ali andei provavelemente até me cruzei com algum elemento da família "Sobral Falhas" eheheh

Podia, por exemplo, circular com um cartaz "conhece o Sr Sobral Falhas?" eheheheheh

Estou a reinar, mas a minha sobrinha que andava comigo e ali estudou há cerca de 10 anos atrás, a cada 10 passos encontrava amigos :)

Parisiense disse...

Sabes pascoalita, no outro dia quando pus no m/blog o passeio a Serra da Freita justamente eu dizia isso ou seja deixem a serra limpa com todos os seus encantos...e sabes porquê?!porque nós que aqui habitamos fazemos tudo para não deixar lixo lá em cima, mas no verão quando veem para a praia fluvial os ninos do Porto e outras cidades é desde poluição sonora (porque trazem leitor de CD e poem alto que só visto)e deixam sacos de lixo, pacotes de batata frita, latas de bebidas.....e tudo mais espalhado pela serra. Os funcionarios da Camara tentam limpar mas é espantoso a falta de civismo que existe....talvez porque eles não vivem aqui, ou talvez porque estão habituados a fazer isso nas cidades onde vivem....e os outros que limpem.
Eh pá já me alonguei....hihihihih
Beijito grande

Laura disse...

ah, tão pergunta à tua prima se os conhece a mãe chamava-se ja na me lembro e a filha era ireninha o rapaz acho que veio depois um rapaz, ma sja na me lembroo que depois fomos embora pra longe...mas gostava d eos ver, claro que sim...

Teté disse...

Pois é uma coisa que me faz muita confusão as pessoas deitarem lixo para o chão. Rima e é verdade!

Aqui em Lisboa há pessoas que deitam sacos lixo ao pé das árvores ou junto aos ecopontos. E depois queixam-se que a cidade está suja. Custa muito cada um deitar o seu lixo nos devidos caixotes? Ele há coisas que nunca vou entender...

Belo passeio o teu!

Jinhos!

Anónimo disse...

Terras beirãs ou terras beiroas?

Anónimo disse...

Serão terras beirãs ou terras beiroas

é um lindo passeio sim



uma beiroa ou beirã

Pascoalita disse...

ehehehheheh

Anónimo (ou não tão anónimo assim eheheheh)

Hoje em dia podemos dizer e escrever como quisermos que já nada é errado, mas tal como me intitulo "escorpiona" também o termo "beiroa" poderá ser usado. Por acaso, o meu dicionário não reconheceu a 2ª opção, mas eu aceito, claro! Então, sejam "terras beirãs e beiroas" eheheheh

Anónimo disse...

Bonita descrição de uma cidade, que é para mim uma aldeia, onde a civilização chegou, com uma Camâra Municipal, Bancos, Centro de Saúde, Tribunal, etc...
Já agora, direi apenas que para lá chegar as estradas estão boas, não é auto-estrada, mas o piso está muito bom e bem sinalizadas.Visitem que vale a pena.